sicnot

Perfil

Mundo

Israel autoriza três mil casas em colonatos na Cisjordânia

Colonato judeu na Cisjordânia a ser destruído por ordem da Justiça israelita.

© Mohamad Torokman / Reuters

Israel anunciou na terça-feira à noite a construção de 3.000 casas em colonatos na Cisjordânia, o quarto anúncio deste tipo em menos de duas semanas, desde a tomada de posse do Presidente norte-americano, Donald Trump.

"O ministro da Defesa, Avigdor Lieberman, e o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, decidiram autorizar a construção de 3.000 novas unidades de habitação em Judeia e Samaria", disse o Ministério da Defesa em comunicado, usando o termo adotado por Israel para a Cisjordânia, um território palestiniano que ocupa desde 1967.

Desde 20 de janeiro, quando Donald Trump tomou posse, Israel deu luz verde à construção de 566 unidades habitacionais em três colonatos de Jerusalém Oriental e anunciou a construção de 2.502 casas na Cisjordânia.

Na passada quinta-feira, o município de Jerusalém deu autorização final a 153 novas frações que estavam suspensas por pressão da Administração de Barack Obama.

As autoridades israelitas aproveitaram a oportunidade aberta por Trump, depois da resistência à expansão dos colonatos manifestada nas últimas semanas da presidência de Obama.

"Construímos e continuaremos a construir", prometeu Netanyahu, admitindo que a presidência de Trump representa uma "oportunidade formidável" após "enormes pressões" da Administração Obama sobre os colonatos.

Lusa

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.