sicnot

Perfil

Mundo

Israel autoriza três mil casas em colonatos na Cisjordânia

Colonato judeu na Cisjordânia a ser destruído por ordem da Justiça israelita.

© Mohamad Torokman / Reuters

Israel anunciou na terça-feira à noite a construção de 3.000 casas em colonatos na Cisjordânia, o quarto anúncio deste tipo em menos de duas semanas, desde a tomada de posse do Presidente norte-americano, Donald Trump.

"O ministro da Defesa, Avigdor Lieberman, e o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, decidiram autorizar a construção de 3.000 novas unidades de habitação em Judeia e Samaria", disse o Ministério da Defesa em comunicado, usando o termo adotado por Israel para a Cisjordânia, um território palestiniano que ocupa desde 1967.

Desde 20 de janeiro, quando Donald Trump tomou posse, Israel deu luz verde à construção de 566 unidades habitacionais em três colonatos de Jerusalém Oriental e anunciou a construção de 2.502 casas na Cisjordânia.

Na passada quinta-feira, o município de Jerusalém deu autorização final a 153 novas frações que estavam suspensas por pressão da Administração de Barack Obama.

As autoridades israelitas aproveitaram a oportunidade aberta por Trump, depois da resistência à expansão dos colonatos manifestada nas últimas semanas da presidência de Obama.

"Construímos e continuaremos a construir", prometeu Netanyahu, admitindo que a presidência de Trump representa uma "oportunidade formidável" após "enormes pressões" da Administração Obama sobre os colonatos.

Lusa

  • Derrame de ácido clorídrico na Nacional 1, em Gaia
    1:15

    País

    Um derrame de ácido clorídrico obrigou esta manhã ao corte da Nacional 1, em Vila Nova de Gaia, na zona de Pedroso. O ácido estava a ser transportado em embalagens de plástico, dentro de um pesado de mercadorias. Foi o motorista que detetou a fuga e pediu a ajuda dos bombeiros.

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31
  • "É abusivo falar de fuga ao fisco"
    4:10

    Economia

    Dez mil milhões de euros é o valor de que se fala das transferências para contas offshore, que terão escapado à Autoridade Tributária. O número impressiona, mas é preciso notar que este dinheiro é capital que sai do país e o capital não está sujeito ao pagamento de imposto só porque sai do país. O fiscalista Tiago Caiado Guerreiro esteve no Jornal da Noite para dar mais explicações sobre o caso.

  • Número de mortos de atentado em al-Bab sobe para 60

    Mundo

    O atentado bombista de hoje na cidade de al-Bab (Norte da Síria), capturada na quinta-feira ao Estado Islâmico, fez pelo menos 60 mortos, de acordo com um novo balanço noticiado pela agência de notícias estatal turca Andadolu.