sicnot

Perfil

Mundo

"Shooless": a teoria que descalça os miúdos na escola e os faz ter melhores notas

© Damir Sagolj / Reuters

Esta é, pelo menos, a conclusão de uma escola primária inglesa que acredita nos benefícios da aprendizagem com crianças em ambiente " Shoeless", ou seja, sem sapatos. Sem sapatos, de chinelos, de meias ou qualquer outra coisa que liberte as crianças do desconforto e da compressão a eles associados.

A escola primária de Findern em Derbyshire, Inglaterra, permitiu que os seus alunos usassem chinelos na sala de aula depois de um estudo sugerir que esta condição os ajudaria a obter melhores notas. A ideia foi inspirada em Stephen Heppell, um professor da Universidade de Bournemouth, que estudou o tema durante 10 anos em 25 países e que concluiu que as crianças se comportavam melhor sem sapatos.

A aprendizagem "Shoeless" tem vindo a ser adotada em escolas da Escandinávia e Nova Zelândia.

A diretora da escola, Emma Tichener, seguiu a sugestão e observou que, realmente, os alunos ficaram "mais relaxados".

"Estamos a verificar que as crianças parecem mais relaxadas e mais calmas do que o habitual. Esperamos que com o tempo possamos medir os seus progressos e ver se fez diferença.Estamos à procura de ideias diferentes para melhorar a experiência dos nossos alunos, por isso, se isto funcionar, poderá tornar-se permanente e alargada fora da esfera da primária."

No entanto, a abordagem tenta "apenas melhorar" a aprendizagem dos alunos e "não é uma parte obrigatória" da política da escola.

A academia West Thornton, em Croydon, também tem várias zonas de estudo "shoeless" na escola.

Segundo a professora Ayla Arli, as crianças sentem-se mais confortáveis e as notas melhoram. "Nós vimos definitivamente uma mudança no comportamento". É muito mais calmo nas zonas de aprendizagem, os níveis de ruído caíram. Isto não é apenas um truque, isto realmente tem um impacto na aprendizagem."

© Ivan Alvarado / Reuters

  • Dirigentes do GD Ribeirão acusados de auxílio à emigração ilegal
    1:34

    Desporto

    Oito dirigentes do Grupo Desportivo de Ribeirão, um clube de Vila Nova de Famalicão que fechou as portas em 2015, foram acusados pelo Ministério Público.Em causa, estão suspeitas de auxílio à emigração ilegal ou falsificação de documentos, relacionadas com transferências de jogadores estrangeiros em situação ilegal.

  • Capacetes Brancos agradecem Óscar para filme sobre a guerra na Síria
    1:34

    Óscares 2017

    O Óscar para melhor documentário curto foi atribuído a um filme sobre a guerra na Síria. "The White Helmets" retrata o trabalho dos Capacetes Brancos, uma equipa de voluntários que ajuda no salvamento e resgate de habitantes sírios atingidos pelo conflito no país. O Fundador dos Capacetes Brancos já veio fazer um agradecimento público pela atribuição deste galardão. Raed Saleh diz que é uma motivação para os voluntários que todos os dias arriscam a vida para salvar outras pessoas.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16