sicnot

Perfil

Mundo

União Europeia e México decidem acelerar negociações comerciais

© Toby Melville / Reuters

A União Europeia e o México acordaram esta quarta-feira "acelerar o ritmo das negociações" para modernizar e ampliar o acordo de comércio livre que celebraram em 2000, tendo agendado as duas próximas rondas negociais para abril e junho próximos, anunciou a Comissão Europeia.

Numa nota divulgada em Bruxelas, o executivo comunitário anunciou que o calendário das próximas rondas de negociações (de 03 a 07 de abril e de 26 a 29 de junho) foi acertado entre a comissária europeia do Comércio, Cecilia Malmstrom, e o ministro da Economia mexicano, Ildefonso Guajardo, numa conversa telefónica.

No âmbito deste novo calendário, UE e México acordaram também reunir-se na Cidade do México entre as negociações de abril e junho, "a fim de fazer o ponto da situação e encorajar os progressos dos negociadores".

Em 2016, UE e México iniciaram negociações para atualizar o Acordo de Comércio Livre existente, que data de 2000, e que, segundo a Comissão Europeia, precisa de ser "modernizado", para ter maior "amplitude e alcance".

Numa declaração conjunta, Malmstrom e Guajardo, sem nunca mencionarem a nova política protecionista defendida pela administração norte-americana liderada por Donald Trump, sublinham a necessidade de UE e México, "lado a lado, enquanto parceiros com posições semelhantes", defenderem "a ideia de uma cooperação aberta à escala global", numa altura em que se assiste a "um aumento preocupante do protecionismo em todo o mundo".

De acordo com dados da Comissão, entre 2005 e 2015, o fluxo anual de mercadorias entre UE e México aumentou para mais do dobro, passando de 26 para 53 mil milhões de euros, no âmbito do acordo de comércio livre em vigor.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.