sicnot

Perfil

Mundo

Vaticano manifesta "preocupação" com decisões de Trump sobre refugiados e México

© POOL New / Reuters

O Vaticano manifestou esta quarta-feira "preocupação" em relação às decisões de Donald Trump relativas à construção de um muro entre Estados Unidos e México e à proibição de entrada nos Estados Unidos de nacionais de sete países muçulmanos.

"Naturalmente, há preocupações", afirmou o número três na hierarquia do Vaticano, o vice-secretário de Estado Giovanni Angelo Becciu, em declarações à estação de televisão católica, TV2000, em resposta a uma questão relativa à atuação política do novo Presidente norte-americano nos seus primeiros dias de investidura.

"Nós somos construtores de pontes, e não de paredes, e todos os cristãos deveriam reafirmar esta mensagem com veemência", acrescentou. Becciu sublinhou ainda que o Papa Francisco tem reiterado a necessidade de "integrar aqueles que chegam à nossa sociedade, à nossa cultura".

Poucos dias depois de se instalar na Casa Branca, Donald Trump formalizou uma das suas mais sonantes promessas eleitorais, assinando no passado dia 25 de janeiro uma ordem executiva que visa atribuir fundos federais para a planificação e a construção de um muro fronteiriço entre os Estados Unidos e o México, com uma extensão de cerca de 3 mil quilómetros.

Na passada sexta-feira, o novo chefe de Estado norte-americano suspendeu também a entrada de refugiados nos Estados Unidos por, pelo menos, 120 dias e impôs a proibição de entrada a viajantes oriundos do Irão, Iraque, Iémen, Somália, Líbia, Síria e Sudão durante três meses.

Lusa

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42
  • E depois do Brexit?
    3:42
  • Britânicos a viver no Algarve falam em desilusão
    2:32

    Brexit

    Para muitos dos britânicos que vivem no Algarve, o Brexit é a confirmação de que o resultado surpreendente do referendo não tem retorno. Certificados de residência e até a dupla nacionalidade são questões que a partir de agora passam a estar em cima da mesa.