sicnot

Perfil

Mundo

WhatsApp vai permitir apagar mensagens enviadas

© Dado Ruvic / Reuters

O WhatsApp vai permitir apagar e editar mensagens que já enviadas, desde que ainda não tenham ainda sido lidas pelo destinatário. A nova ferramenta está a ser testada em versão beta em Android e iOS.

A atualização terá as opções "cancelar" e "editar" nas mensagens enviadas e não lidas, como mostra a conta no Twitter @WABetaInfo.

O utilizador pode, assim, anular uma mensagem já enviada e o destinatário verá a mesma oculta, com a indicação “o remetente anulou a mensagem”.

Com a nova ferramenta, o WhatsApp ganha uma das funções mais valorizadas pelos utilizadores do Gmail - o poder de cancelar um envio ocorrido por acidente ou do qual nos arrependemos.

Até agora, as mensagens apagadas no WhatsApp desapareciam apenas do dispositivo do remetente, mas uma vez enviadas, continuavam armazenadas no aparelho do destinatário.

O WhatsApp não deu informações oficiais sobre os detalhes desta atualização nem quando estará disponível.

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42
  • E depois do Brexit?
    3:42
  • Britânicos a viver no Algarve falam em desilusão
    2:32

    Brexit

    Para muitos dos britânicos que vivem no Algarve, o Brexit é a confirmação de que o resultado surpreendente do referendo não tem retorno. Certificados de residência e até a dupla nacionalidade são questões que a partir de agora passam a estar em cima da mesa.