sicnot

Perfil

Mundo

Quadro clínico da mulher de Lula da Silva "é irreversível"

© Jamil Bittar / Reuters

O quadro clínico da ex-primeira-dama do Brasil Marisa Letícia Lula da Silva "é irreversível", de acordo com informações do médico da família, o cardiologista Roberto Kalil Filho, divulgou esta quinta-feira a imprensa brasileira.

Segundo o portal de notícias G1, na noite de quarta-feira, o médico da família do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse aos jornalistas que o quadro clínico da ex-primeira-dama "é irreversível".

A mulher do ex-Presidente Lula da Silva está internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o dia 24 de janeiro, depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral hemorrágico provocado pelo rompimento de um aneurisma.

O quadro clínico de Marisa Lula da Silva piorou no início da noite desta quarta-feira e voltou a ser sedada, segundo Kalil Filho, que chefia a equipa que cuida da paciente.

Um exame realizado permitiu constatar que Marisa Letícia tem uma circulação mínima de sangue no cérebro. Os médicos vão continuar a vigiar as atividades cerebrais da paciente e fazer posteriormente uma nova avaliação.

O ex-Presidente Lula da Silva está no hospital, na região central de São Paulo, para acompanhar o tratamento da mulher.

Lusa

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.