sicnot

Perfil

Mundo

Morreu a antiga primeira-dama do Brasil

Ricardo Stuckert

A antiga primeira-dama do Brasil Marisa Letícia Lula da Silva morreu esta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de ter sido declarada morte cerebral, referiu o hospital Sírio-Libanês, onde estava internada desde janeiro.

Em comunicado, o hospital acrescenta que Marisa Lula da Silva, de 66 anos, foi declarada morta às 18:57 locais (20:57 em Lisboa).
A morte cerebral da antiga primeira-dama já tinha sido confirmada pelo hospital Sírio-Libanês na quinta-feira.

"A família Lula da Silva agradece todas as manifestações de carinho e solidariedade recebidas nesses últimos 10 dias pela recuperação da ex-primeira-dama Dona Marisa Letícia Lula da Silva. A família autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos", escreveu quinta-feira Lula da Silva na rede social Facebook.

Numa sessão no Congresso de Deputados, na quinta-feira, a deputada Benedita da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT), anunciou a morte da ex-primeira-dama e pediu um minuto de silêncio.

Casada com o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi primeira-dama do país entre os anos de 2003 e 2011.

Nascida em São Bernardo do Campo, cidade que faz parte da Grande São Paulo, em 1950, foi considerada uma primeira-dama discreta durante o Governo de Lula da Silva.

Cresceu numa família de onze irmãos e casou-se aos 19 anos. Três meses depois do primeiro casamento, quando estava grávida do primeiro filho ficou viúva.

A ex-primeira-dama conheceu Lula da Silva em 1973, no Sindicato dos Metalúrgicos, e casou com ele sete meses depois, tendo três filhos.
Durante o tempo em que acompanhou o político brasileiro, Marisa Letícia foi condecorada por Portugal com a Ordem da Liberdade, em 2003, e com a Ordem Militar de Cristo, em 2008.

Apesar de sua atuação discreta, Marisa Letícia Lula da Silva viu o seu nome envolvido nas investigações da Operação Lava Jato no ano passado, tornando-se ré numa denúncia sobre a posse de um apartamento de luxo no Guarujá, litoral de São Paulo.

Hoje, o Presidente do Brasil, Michel Temer, e alguns ministros deslocaram-se ao Hospital Sírio-Libanês em São Paulo para expressar solidariedade ao ex-presidente Lula da Silva.

Lusa

  • Seca contribui para a redução de nutrientes no mar e está a afetar a pesca
    2:11
  • Francisco George toma posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa

    País

    O ex-diretor-geral da Saúde, Francisco George toma hoje posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa. Em entrevista à Lusa, manifestou a intenção de criar uma unidade para abastecimento de água potável e redução dos problemas de saneamento em catástrofes como os incêndios deste verão. Além disso, em nome da transparência, vai tornar públicas as contas do organização, incluindo os donativos.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44