sicnot

Perfil

Mundo

OSCE denuncia expulsão de jornalista em ato público de Le Pen

© Benoit Tessier / Reuters

A representante da OSCE para a liberdade de imprensa denunciou esta sexta-feira a expulsão de um jornalista francês que perguntou a Marine Le Pen, candidata à presidência francesa, sobre a sua alegada má gestão de fundos como eurodeputada.

"Nenhuma violência, perseguição ou intimidação aos jornalistas é aceitável numa sociedade democrática", advertiu Dunja Mijatovic, responsável pelos 'media' da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) através de um comunicado emitido em Viena.

Mijatovic exprimiu a sua "preocupação" pelo caso do jornalista Paul Larrouturou, da emissora TMC, que foi "violentamente expulso" na quarta-feira por seguranças no decurso de um evento público e quando tentava colocar uma pergunta a Marine Le Pen, a candidata da Frente Nacional (FN, extrema-direita) à presidência francesa.

A representante da OSCE pediu às autoridades francesas uma investigação célere para exigir responsabilidades. Le Pen foi multada pelo Parlamento europeu (PE) por uma suposta irregularidade na gestão de 340.000 euros provenientes do seu salário como eurodeputada, que terá utilizado em despesas de pessoal com funcionários da FN que não efetuavam tarefas relacionadas com as suas funções no PE.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.