sicnot

Perfil

Mundo

Oficial envolvida nos interrogatórios secretos de 11/9 nomeada número dois da CIA

© REUTERS FILE PHOTO / Reuters

Uma oficial de longa data da CIA alegadamente envolvida nos interrogatórios secretos realizados após os ataques de 11 de setembro foi nomeada esta quinta-feira número dois da CIA, agência de espionagem dos Estados Unidos.

Gina Haspel, que foi a primeira mulher a ser chefe de serviço à paisana da CIA, foi nomeada vice-diretora geral pelo novo direito, Mike Pompeo.

Haspel é uma veterana das operações de espionagem à paisana da agência, onde começou a trabalhar em 1985, e serviu em vários locais do mundo, incluindo um período na embaixada dos Estados Unidos em Londres nos anos 2000.

Segundo a imprensa norte-americana, Gina Haspel é conhecida por estar alegadamente envolvida em operações de interrogatório relacionadas com os ataques terroristas de 11 de setembro, que envolveram métodos de tortura, incluindo simulação de afogamento e outras técnicas igualmente duras.

"Gina é uma oficia exemplar e uma patriota devota com mais de 30 anos de experiência. É uma líder, com uma incrível capacidade de fazer as coisas e de inspirar os outros", referiu, em comunicado, Mike Pompeo.

Vários antigos chefes da CIA manifestaram já o seu apoio à nomeação de Gina Haspel.

Lusa

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".

  • Donald Trump admite tortura para combater terrorismo

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos voltou esta quarta-feira a ser polémico. Numa entrevista à estação ABC, que ainda vai ser ainda transmitida, Donald Trump disse que o fogo devia ser combatido com fogo e afirmou que a tortura pode ser um aliado na luta contra o terrorismo.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.