sicnot

Perfil

Mundo

Casa Branca promete "lutar" contra decisão do juíz

© Kevin Lamarque / Reuters

Num comunicado, o porta-voz diz que a ordem executiva de Trump é "legal e apropriada" e que o Departamento de Justiça irá pedir uma suspensão de emergência da ordem do Tribunal Federal "o mais depressa possível".

No comunicado é sublinhado ainda que "a ordem do Presidente tem como objetivo proteger a nação".

Esta sexta-feira ficou a saber-se que, desde que Trump assinou a medida, mais de 100 mil vistos foram revogados.

Donald Trump entretatanto reagiu assim no Twitter:

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.