sicnot

Perfil

Mundo

Enquanto Trump participava no baile da Cruz Vermelha, milhares protestavam à porta

Enquanto Trump participava no baile da Cruz Vermelha, milhares protestavam à porta

Enquanto Donald Trump e a primeira-dama participavam no baile anual da Cruz Vermelha, na Florida, à porta cerca de duas mil pessoas manifestaram-se contra o presidente dos Estados Unidos.

Dezenas de polícias bloquearam a entrada dos manifestantes no evento onde estava Donald Trump.

No protesto ouviam-se gritos contra o muro que vai ser construído na fronteira com o México e contra a ordem executiva que proibia refugiados e migrantes de sete países muçulmanos de entrarem no país.


Na sexta-feira, um juiz federal suspendeu esta proibição, mas o Departamento de Justiça já iniciou o processo de recurso.

  • Trump garante que decisão de juiz federal será anulada
    2:09

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos disse este sábado que o bloqueio do juiz federal é ridiculo. Donald Trump garante que a decisão judicial que suspende a entrada de cidadãos de sete países muçulmanos vai ser anulada. Entretanto, as companhias aéreas estão já a permitir passageiros anteriormente proibidos de viajar para o país.

  • Trump vai recorrer da decisão do juiz federal que suspende ordem anti-imigração
    1:55

    Mundo

    Nos Estados Unidos, um juiz federal de Seattle suspendeu a ordem de Donald Trump que proibe a entrada de cidadãos de sete países muçulmanos. A Casa Branca considera que a decisão é ultrajante e vai agora recorrer. Seja como for, várias companhias aéreas já estão a permitir a entrada destes cidadãos a bordo dos aviões que viajam para América.

  • "Donald Trump saiu da porta a correr, a disparar em todas as direções"
    6:09

    Opinião

    O Presidente dos Estados Unidos disse este sábado que o bloqueio do juiz federal é ridiculo. Donald Trump garante que a decisão judicial que suspende a entrada de cidadãos de sete países muçulmanos vai ser anulada. O tema esteve em análise na SIC Notícias. Luís Costa Ribas lembra que esta decisão é temporária e destaca a invulgaridade deste tipo de decisões judiciais contra uma administração que tomou posse há tão pouco tempo.

  • "Esta é a Fatemeh, ela não é uma terrorista"
    0:49

    Mundo

    A congressista democrata Suzanne Bonamici mostrou uma fotografia da pequena Fatemah Reshad e apresentou o caso da bebé iraniana na Casa dos Representantes.A congressista de Oregon, onde residem o tio e os avós maternos da menina, fez duras críticas ao decreto de Trump que impede a entrada de cidadãos de sete países nos EUA.A menina sofre de problemas cardíacos e está dependente de uma cirurgia ao coração, nos EUA, para sobreviver.

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.