sicnot

Perfil

Mundo

Anúncio publicitário com "muro de Trump" vetado na Super Bowl

Uma mãe e filha mexicanas que tentam atravessar a fronteira para os Estados Unidos, numa longa e difícil viagem.É este o tema de um anúncio que a Fox exigiu que fosse editado para que pudesse passar na Super Bowl. O anunciante, uma empresa de construção, teve de dividir a história em duas partes e omitir da final de futebol americano o polémico "muro de Trump".

O anúncio da construtora mostrava um gigantesco muro com uma porta de madeira e com a mensagem: "A vontade de ser bem sucedido é sempre bem-vinda aqui". A Fox não gostou da exibição do muro e exigiu que 84 Lumber o editasse.

O anúncio ficou, assim, com duas partes: a versão que foi para o ar no Super Bowl, e que conta apenas o início da jornada, e a parte integral, que só poder ser vista ao aceder ao site.

1ª parte:

Nesta última versão, mãe e filha chegam a pé ao imponente muro. A mãe começa a chorar, enquanto a menina segura uma bandeira dos Estados Unidos feita de farrapos, que foi encontrando ao longo do caminho.

Versão integral:

Logo após a exibição do anúncio online, o site da 84 Lumber ficou inacessível, dada a quantidade de tentativas de acesso.

Seguiu-se uma enchente de comentários nas redes sociais, uns de elogio, outros de crítica.

A 84 Lumber, uma construtora familiar, recusou-se comentar se o anúncio deverá ser conotado como sendo pró ou contra a medida de Trump.

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50