sicnot

Perfil

Mundo

Apoiantes de Trump ameaçam boicotar Budweiser

Budweiser

Na primeira Super Bowl sob a presidência de Donald Trump, a Budweiser aproveitou a ocasião para enviar uma mensagem pró-imigração. Num anúncio publicitário, a empresa fez uma analogia à atual condição dos refugiados que chegam aos Estados Unidos. A publicidade está a gerar um boicote por parte dos que apoiam a política contra imigrantes.

O anúncio “Born The Hard Way” é o resumo ficcionado, em 60 segundos, da viagem de Adolphus Busch de Hamburgo, na Alemanha, rumo a Nova Orleães, nos Estados Unidos, para perseguir o “American Dream” e criar a cerveja, durante o século XIX. O alemão enfrenta uma série de obstáculos para construir a vida no novo país.

O anúncio enfureceu muitos dos apiantes de Donald Trump, que prometem fazer um boicote à empresa de cerveja.

"Sim, a América foi construída por imigrantes, mas não este lixo do Oriente Médio", escreveu um deles nas redes sociais.

  • Anúncio publicitário com "muro de Trump" vetado na Super Bowl

    Mundo

    Uma mãe e filha mexicanas que tentam atravessar a fronteira para os Estados Unidos, numa longa e difícil viagem.É este o tema de um anúncio que a Fox exigiu que fosse editado para que pudesse passar na Super Bowl. O anunciante, uma empresa de construção, teve de dividir a história em duas partes e omitir da final de futebol americano o polémico "muro de Trump".

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14