sicnot

Perfil

Mundo

Grupo pop de freiras atua para o Papa no México

Um grupo de freiras irá atuar para o Papa Francisco esta quarta-feira. As freiras fazem parte das "Siervas", um grupo pop que se tornou viral na internet em 2016, depois da banda publicar um videoclip no YouTube.

O vídeo "Confía en Dios" (Confia em Deus, em português) já alcançou mais de 600 mil visualizações na plataforma. O videoclip mostra as 12 freiras a tocar instrumentos musicais e a cantarem, envergando os seus mantos religiosos, num heliporto.

"Publicamos o vídeo há uns meses e não conseguimos acreditar o quão popular se tornou", disse Monica - uma das líderes do grupo - à CNN. "Um padre mexicano viu o vídeo e mandou-nos uma mensagem a dizer 'Venham ao México', então nós viemos."

O grupo de freiras - criado no Peru - vai atuar na Ciudad Juárez, a última paragem dos líderes do Vaticano na sua tour pelo México.

A junção entre instrumentos de rock e cânticos religiosos tornou-as populares entre católicos e não-católicos, com quase 70 mil seguidores no Facebook.

Para a irmã Cindy, que toca baixo, esta viagem é um sonho tornado realidade. "Fui ao Brasil em 2013 durante a viagem do Papa ao país, e consegui vê-lo no seu carro. Mas nunca sonhei que poderia vir a atuar para ele", disse à CNN. "Não há palavras para descrever aquilo que estou a sentir agora." Para além de concertos por todo o México, o grupo musical irá atuar também em refeitórios sociais e em escolas.

(c)Lukas Isaac

As freiras esperam que o seu sucesso online possa ajudar a transmitir a sua fé a uma maior audiência. "Deus está sempre presente nas nossas vidas, mesmo durante os tempos mais difíceis", disse a freira Andrea, originalmente da Argentina. "Acho que o nosso vídeo traz uma mensagem universal com a qual as pessoas se identificam."

O grupo foi criado há mais de um ano e tem freiras da China, Japão, Equador, Chile, entre outros. Apesar da diversidade cultural do grupo, as freiras falam a mesma língua quando cantam e expressam a sua "Confiança em Deus".

  • Cinco mortos provocados pelo tufão Hato em Macau
    1:13
  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.