sicnot

Perfil

Mundo

Migrantes confrontam ministro grego em Atenas

Yorgos Karahalis

Vários manifestantes confrontaram o ministro grego para as Migrações à entrada de um campo de refugiados em Atenas esta segunda-feira. Os migrantes tentaram impedir a entrada de Yannis Mouzalas no local.

Rodeado pela polícia, o ministro grego encontrou dezenas de manifestantes na chegada ao campo de refugiados Elliniko. O protesto foi organizado contra as condições do campo, um complexo desportivo construído para os Jogos Olímpicos de 2004 e que agora está abandonado.

Dezenas de migrantes formaram uma "corrente humana" para tentar impedir a entrada do ministro mas apesar da multidão, Yannis Mouzalas conseguiu entrar no local e falar com os migrantes.

O ministro insistiu que as instalações eram adequadas e que algumas pessoas dentro do grupo estariam a encenar uma greve de fome "falsa".

Mais de 600 mil refugiados estão "presos" nos campos de migrantes na Grécia, depois da União Europeia ter aumentado o controlo das suas fronteiras.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15