sicnot

Perfil

Mundo

Partido mais votado na Roménia reafirma apoio ao primeiro-ministro

Sorin Grindeanu, primeiro-ministro da Ucrânia.

© Inquam Photos / Reuters

Na Roménia, o partido mais votado nas ultimas eleições, o PSD, reafirmou hoje total apoio ao primeiro-ministro, apesar de continuarem os protestos nas ruas da capital.

Estas declarações surgem um dia depois de o Governo ter cedido aos protestos e ter recuado no projeto de legislação anticorrupção.

O Governo social democrata tinha anunciado uma nova lei que descriminalizava alguns atos de corrupção.

A medida levou centenas de milhares de pessoas a protestar nas ruas, a exigir a demissão do Governo, naqueles que foram os maiores protestos desde 1989, no país.

Entretanto, o ministro da Justiça veio anunciar que vai rever a legislação anti-corrupção e apresentar um novo decreto.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • "Comecei por ajudar uma família que me pediu um plástico para se proteger"
    4:51
  • Míssil lançado do Iémen intercetado perto de Meca

    Mundo

    Um míssil balístico lançado pelos rebeldes xiitas do Iémen foi intercetado, quinta-feira à noite, perto de Meca, na Arábia Saudita, a um mês da peregrinação muçulmana anual do hajj, anunciou a coligação árabe que intervém no Iémen.