sicnot

Perfil

Mundo

"Putin é um assassino", diz jornalista. "E o nosso país é assim tão inocente?", questiona Trump

O Kremlin exige um pedido de desculpa por parte da cadeia de televisão norte-americana Fox News pelos comentários "inaceitáveis" que fez sobre o Presidente russo. Durante uma entrevista a Donald Trump, o jornalista qualificou Vladimir Putin de "assassino".

Na entrevista, difundida no domingo, o jornalista Bill O'Reilly pressionava Donald Trump a explicar as razões porque respeita o homólogo russo.

"Putin é um assassino", declarou o jornalista Bill O'Reilly. Ao que Trump respondeu: "Há muitos assassinos. Acha que o nosso país é assim tão inocente?".

Estas duas frases estão agora a incendiar os dois lados do Atlântico.

"Consideramos que tais declarações da parte do jornalista da Fox News são inadmissíveis e insultuosas e, honestamente, preferíamos que esta respeitável cadeia de televisão apresentasse as suas desculpas ao Presidente" Putin, declarou aos jornalistas o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Em Washington, as palavras de Trump irritaram os congressistas republicanos, que dizem que não há comparação possível entre o comportamento dos políticos russos e dos norte-americanos. A vontade de Trump de estabelecer boas relações com Moscovo suscita preocupações em Washington.

Vladimir Putin domina a política russa há 17 anos, umas vezes Presidente, outras primeiro-ministro. Os opositores acusam-no de mandar executar os seus críticos. Em janeiro de 2016, um juiz britânico disse que Putin tinha "provavelmente" autorizado o assassínio do antigo agente do KGB Alexander Litvinenko em Londres.

Ainda antes de ser eleito Presidente do EUA, Trump foi questionado pela Fox News sobre estas acusações, respondendo que não havia provas de que Putin fosse culpado.

"Primeiro que tudo, ele [Putin] diz que não o fez. Muitas pessoas dizem que não foi ele. Por isso, quem sabe quem o fez?", concluiu Trump.

  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Marcelo descobre que vê mal "ao longe à esquerda"
    2:05

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa recebeu uma declaração dos médicos contra a despenalização da eutanásia. A audiência ao atual bastonário e cinco antecessores acontece a uma semana do tema ir a debate no Parlamento, e no dia em que o Presidente da República foi a estrela do Dia da Segurança Infantil. Marcelo aproveitou para fazer um rastreio à visão e concluiu que tem que estar "atento", à esquerda, ao longe".

  • PS "vai ficar em banho-maria durante anos" por causa de Sócrates
    0:59

    País

    Miguel Sousa Tavares considera que o PS vai ficar em "banho-maria" durante anos por causa de José Sócrates. Em entrevista na SIC Notícias, o comentador criticou os dirigentes socialistas pela forma como se tentaram demarcar do ex-primeiro-ministro e disse que António Costa devia ter tomado uma atitude mais concreta.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC