sicnot

Perfil

Mundo

"Putin é um assassino", diz jornalista. "E o nosso país é assim tão inocente?", questiona Trump

O Kremlin exige um pedido de desculpa por parte da cadeia de televisão norte-americana Fox News pelos comentários "inaceitáveis" que fez sobre o Presidente russo. Durante uma entrevista a Donald Trump, o jornalista qualificou Vladimir Putin de "assassino".

Na entrevista, difundida no domingo, o jornalista Bill O'Reilly pressionava Donald Trump a explicar as razões porque respeita o homólogo russo.

"Putin é um assassino", declarou o jornalista Bill O'Reilly. Ao que Trump respondeu: "Há muitos assassinos. Acha que o nosso país é assim tão inocente?".

Estas duas frases estão agora a incendiar os dois lados do Atlântico.

"Consideramos que tais declarações da parte do jornalista da Fox News são inadmissíveis e insultuosas e, honestamente, preferíamos que esta respeitável cadeia de televisão apresentasse as suas desculpas ao Presidente" Putin, declarou aos jornalistas o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Em Washington, as palavras de Trump irritaram os congressistas republicanos, que dizem que não há comparação possível entre o comportamento dos políticos russos e dos norte-americanos. A vontade de Trump de estabelecer boas relações com Moscovo suscita preocupações em Washington.

Vladimir Putin domina a política russa há 17 anos, umas vezes Presidente, outras primeiro-ministro. Os opositores acusam-no de mandar executar os seus críticos. Em janeiro de 2016, um juiz britânico disse que Putin tinha "provavelmente" autorizado o assassínio do antigo agente do KGB Alexander Litvinenko em Londres.

Ainda antes de ser eleito Presidente do EUA, Trump foi questionado pela Fox News sobre estas acusações, respondendo que não havia provas de que Putin fosse culpado.

"Primeiro que tudo, ele [Putin] diz que não o fez. Muitas pessoas dizem que não foi ele. Por isso, quem sabe quem o fez?", concluiu Trump.

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.