sicnot

Perfil

Mundo

"Putin é um assassino", diz jornalista. "E o nosso país é assim tão inocente?", questiona Trump

O Kremlin exige um pedido de desculpa por parte da cadeia de televisão norte-americana Fox News pelos comentários "inaceitáveis" que fez sobre o Presidente russo. Durante uma entrevista a Donald Trump, o jornalista qualificou Vladimir Putin de "assassino".

Na entrevista, difundida no domingo, o jornalista Bill O'Reilly pressionava Donald Trump a explicar as razões porque respeita o homólogo russo.

"Putin é um assassino", declarou o jornalista Bill O'Reilly. Ao que Trump respondeu: "Há muitos assassinos. Acha que o nosso país é assim tão inocente?".

Estas duas frases estão agora a incendiar os dois lados do Atlântico.

"Consideramos que tais declarações da parte do jornalista da Fox News são inadmissíveis e insultuosas e, honestamente, preferíamos que esta respeitável cadeia de televisão apresentasse as suas desculpas ao Presidente" Putin, declarou aos jornalistas o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Em Washington, as palavras de Trump irritaram os congressistas republicanos, que dizem que não há comparação possível entre o comportamento dos políticos russos e dos norte-americanos. A vontade de Trump de estabelecer boas relações com Moscovo suscita preocupações em Washington.

Vladimir Putin domina a política russa há 17 anos, umas vezes Presidente, outras primeiro-ministro. Os opositores acusam-no de mandar executar os seus críticos. Em janeiro de 2016, um juiz britânico disse que Putin tinha "provavelmente" autorizado o assassínio do antigo agente do KGB Alexander Litvinenko em Londres.

Ainda antes de ser eleito Presidente do EUA, Trump foi questionado pela Fox News sobre estas acusações, respondendo que não havia provas de que Putin fosse culpado.

"Primeiro que tudo, ele [Putin] diz que não o fez. Muitas pessoas dizem que não foi ele. Por isso, quem sabe quem o fez?", concluiu Trump.

  • Nascentes do Douro e Tejo estão praticamente secas
    2:55
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36