sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades turcas despediram mais 4.500 funcionários públicos

As autoridades turcas despediram mais cerca de 4.500 funcionários públicos no quadro das purgas lançadas depois da tentativa de golpe de Estado, em julho, segundo um decreto-lei publicado esta terça-feira no jornal oficial.

Entre as 4.464 pessoas expulsas da função pública estão designadamente 2.585 empregados do Ministério da Educação, 893 da polícia e 88 da televisão pública TRT.

Entre os funcionários despedidos encontram-se também 300 universitários membros do Conselho de Ensino Superior, caso de Ibrahim Kaboglu, um dos especialistas em direito constitucional mais respeitados do país.

Estas medidas foram tomadas no quadro do estado de emergência instaurado depois da tentativa de golpe, em 15 de julho. As autoridades turcas acusam Fethullah Gulen, um clérigo exilado nos EUA, de ter urdido o golpe, o que o acusado desmente.

Desde o golpe de Estado falhado, mais de 41 mil pessoas foram detidas na Turquia e mais de 100 mil despedidas ou suspensas de funções, designadamente professores, polícias e magistrados.

Por outro lado, foram encerradas dezenas de associações e órgãos de comunicação social e despedidos numerosos jornalistas.

Com uma dimensão inédita na Turquia, estas purgas suscitam a inquietação dos parceiros ocidentais de Ancara e de organizações de defesa dos direitos do homem, que receiam que o estado de emergência sirva de pretexto para reprimir as vozes dissidentes.

Lusa

  • Marco Silva despedido do comando técnico do Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva deixou o comando técnico do Watford, anunciou o 10.º classificado da Liga inglesa de futebol no seu sítio na Internet. "Foi uma decisão difícil e não foi tomada de ânimo leve. O clube está convencido de que a contratação de Marco Silva foi a correta e não fosse a abordagem indesejada de um rival da 'Premier League', continuaríamos a prosperar sob o seu comando", lê-se no comunicado do clube.

  • Os apelos de Marcelo para a reforma do Estado
    1:36

    País

    O Presidente da República lamentou este sábado que o consenso para uma reforma do Estado seja um sonho adiado. No enceramento do congresso "Portugal no Futuro", Marcelo Rebelo de Sousa apelou a entendimentos em áreas estratégicas e defendeu que é preciso passar as palavras à ação, o quanto antes.

    Débora Henriques

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Admirável mundo novo
    16:17