sicnot

Perfil

Mundo

Criança morre após correr "vários quilómetros" como castigo por ter molhado a cama

Facebook Shpetim Xhafa

Um menino de cinco anos terá sido morto pelo padrasto, depois de ter corrido alegadamente "vários quilómetros" como castigo por ter urinado na cama. O corpo de Yanis foi encontrado perto da sua casa em Aire-sur-la-Lys, em França, envergando apenas a roupa interior.

O menino foi encontrado com o nariz partido e as autoridades acreditam que morreu de paragem cardiorrespiratória. O caso aconteceu no norte de França, depois do menino alegadamente ser obrigada a correr no meio da noite de domingo.

A tia de Yanis recorreu ao Facebook para homenagear a criança. "Descansa em paz, meu amor", escreveu Shpetim Xhafa.

A mãe da criança, de 22 anos, e o padrasto, de 30 anos, foram detidos e estão a ser interrogados sobre as alegações feitas que o menino foi abusado fisicamente. As autoridades francesas estão a trabalhar na teoria de que Yanis foi castigado pelos seus pais por ter urinado na cama.

Terá sido o casal a chamar a ambulância, depois de encontrar a criança de cinco anos inconsciente a quase 200 metros de casa.

O advogado do Ministério Público afirmou ao Daily Mail que a criança foi "obrigada a correr uma distância de vários quilómetros ao longo do rio La Lys". "As condições da sua morte levaram-nos a colocar os pais sob custódia por suspeitas de violência que causaram a sua morte", disse Patrick Leleu.

Um porta-voz da polícia disse ao jornal Le Parisien que "a investigação irá determinar se a criança morreu de frio, se isto é o resultado de uma queda, ou um caso de abuso".

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.