sicnot

Perfil

Mundo

Melania Trump volta a processar imprensa por notícias sobre o seu passado

© Carlos Barria / Reuters

A mulher do Presidente norte-americano, Melania Trump, voltou a processar um jornal britânico por notícias que davam conta que ela teria trabalhado como acompanhante de luxo na década de 1990, divulgou esta terça-feira uma fonte próxima da primeira-dama.

Melania Trump, uma ex-modelo oriunda da Eslovénia, voltou a exigir ao grupo Mail Media, que publica o jornal britânico Daily Mail, 150 milhões de dólares (cerca de 104 milhões de euros) em compensação pelos danos causados.

Furiosa com tais alegações "maliciosas e prejudiciais" publicadas durante a campanha presidencial, Melania Trump já tinha apresentado um processo por difamação em setembro de 2016 num tribunal do Estado do Maryland.

Os processos por difamação visaram então o jornal Daily Mail, mas também Webster Tarpley, autor de um blogue em Maryland (leste dos Estados Unidos).A queixa contra o britânico Daily Mail seria rejeitada por razões de competência geográfica.

O advogado de Melania Trump decidiu avançar com este processo num tribunal de Nova Iorque.

O processo relacionado com o 'blogger' Webster Tarpley prosseguiu nos habituais trâmites legais e terminou com uma vitória de Melania Trump, após um acordo negociado entre as partes, referiu hoje o advogado da queixosa em declarações à agência noticiosa francesa AFP.

Webster Tarpley aceitou pagar à atual primeira-dama dos Estados Unidos uma "quantia substancial" por ter publicado uma história falsa sobre o alegado passado de acompanhante de luxo da ex-modelo eslovena, precisou o advogado Charles Harder, sem precisar o montante envolvido.

O 'blogger' também reconheceu o erro num comunicado enviado à AFP pelo advogado de Melania Trump.

"Publiquei a 02 de agosto de 2016 um artigo sobre Melania Trump que estava cheio de informações falsas e difamatórias", admitiu Tarpley.

"Reconheço que tais afirmações foram muito ofensivas e prejudiciais para Melania Trump e a sua família e, portanto, peço as minhas sinceras desculpas a Melania Trump, ao seu filho, ao seu marido e aos seus pais", acrescentou.

Melania Trump é 24 anos mais nova do que Donald Trump e é a terceira mulher do atual Presidente dos Estados Unidos. Juntos têm um filho, Barron, de 10 anos.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.