sicnot

Perfil

Mundo

Rússia faz guerra à Internet encarcerando utilizadores, diz grupo de advogados

Um proeminente grupo de advogados russo especializado em direitos cívicos alertou hoje que os utilizadores da Internet estão a ser punidos em tribunal com penas de prisão severas por publicarem 'posts' expressando opiniões políticas.

"As autoridades russas começaram a ver a Internet como um teatro de guerra, tanto no interior do país como fora dele", onde a mais leve crítica é "encarada como um ataque armado", indicou o grupo num relatório hoje apresentado em Moscovo.

O Ágora reúne cerca de 50 advogados especializados em casos de direitos cívicos, entre os quais o da banda punk Pussy Riot e o do artista de 'performances' radicais Pyotr Pavlensky.

Segundo o coletivo, a política do Estado quanto à Internet de língua russa -- conhecida como 'Runet' -- pode resumir-se com as palavras "ataque", "campanha" e "inimigos".

O Governo russo também está preocupado com a ameaça externa, com os serviços de segurança FSB afirmando ter impedido 70 milhões de ciberataques no ano passado, referiu o Ágora, questionando o elevado número.

O grupo de juristas condenou "a forte censura" na internet e a crescente pressão sobre os internautas comuns, precisando ter registado sete casos criminais abertos contra cidadãos russos por expressarem as suas opiniões 'online' em 2016, cinco dos quais terminaram em condenação, quatro deles a penas de prisão efetiva.

Os advogados russos apontaram como exemplo o caso do jornalista e 'blogger' Alexei Kungurov, da cidade de Tyumen, nos Urais, que foi condenado a dois anos de prisão por um tribunal militar por críticas publicadas 'online' à campanha de bombardeamentos da Rússia na Síria.

Em dezembro do ano passado, Kungurov foi considerado culpado de justificar publicamente o terrorismo num 'post' na página do Live Journal na Internet.

Em maio do ano passado, Andrei Bubeyev, um engenheiro eletrotécnico da cidade de Tver, no centro do país, foi condenado a dois anos e três meses numa colónia penal, depois de considerado culpado de apoio a atividades extremistas e violações da integridade territorial da Rússia por ter partilhado um artigo pró-ucraniano e a imagem de um tubo de pasta de dentes com a legenda: "Espremam a Rússia para fora de vós mesmos".

"Tudo isto nos permite chegar a uma única conclusão: a Runet entrou num estado de lei marcial", lê-se no relatório.

No ano passado, o Ágora disse ter contabilizado 97 propostas de políticos e autoridades para reforçar o controlo sobre a Internet.

Diversas estimativas situam o número de utilizadores da Internet ativos na Rússia entre 66 e 84 milhões de pessoas, numa população total de 146 milhões, indicou o grupo.

Lusa

  • Os confrontos de Rui Rio
    3:38

    País

    Esta não é a primeira vez que Rui Rio enfrenta adversidades. O mesmo aconteceu durante a presidência da Câmara do Porto, quando assumiu uma rutura total com o Futebol Clube do Porto. Na primeira conferência de imprensa como presidente do PSD, avisou os adversários internos de que o clima de confronto é um ambiente do qual gosta.

  • Governo aceita diálogo com PSD após eleição de Rio
    1:52

    País

    Com a eleição de Rui Rio, o Governo aceitou entender-se com o PSD, provocando algumas críticas por parte do PCP e o Bloco de Esquerda. O líder parlamentar socialista diz que admitir o diálogo é Democracia, mas garante que o que sempre dividiu o PS do PSD mantém-se.

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Vírus do Zika pode proteger contra a dengue

    Mundo

    Uma equipa de investigadores brasileiros acredita que a infeção do vírus Zika pode tornar a pessoa imune contra a dengue. Anteriormente, uma investigação chinesa já tinha conseguido provar o inverso: quem apanha dengue pode estar mais protegido contra o vírus do Zika.

    SIC

  • Pesca explora mais de metade de todos os oceanos

    Economia

    A pesca industrial explora mais de metade de todos os oceanos, uma área quatro vezes maior que a utilizada pela agricultura, havendo mais atividade no norte do Atlântico e do Pacífico, conclui um estudo divulgado esta quinta-feira.