sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito de ataque no Louvre confirma identidade à polícia

O homem que na sexta-feira atacou um grupo de militares com duas catanas no Museu do Louvre, em Paris, confirmou à polícia ser Abdallah El Hamahmy, egípcio, de 29 anos, como suspeitavam as autoridades, disseram fontes judiciais.

Depois de dois dias em que recusou falar, o jovem, ainda internado no hospital, deu aos agentes a "sua primeira versão dos factos", segundo as fontes, que não deram pormenores.

El Hamahmy, que depois de ferir ligeiramente um dos soldados foi baleado no abdómen, está desde sexta-feira internado no hospital Georges Pompidou, em Paris, a recuperar de uma cirurgia de emergência a que foi submetido.

O egípcio está formalmente detido desde sábado, o que, segundo a legislação antiterrorista francesa, dá à justiça um prazo de 96 horas, ou seja, até quarta-feira, para o apresentar a um juiz.

A polícia já suspeitava tratar-se de El Hamahmy, a partir da análise do telemóvel e outros objetos pessoais.
Abdallah El Hamahmy, residente nos Emirados Árabes Unidos, viajou para França a 26 de janeiro com um visto turístico e instalou-se num apartamento caro perto dos Campos Elísios.

Fontes próximas do inquérito disseram que o apartamento tinha uma renda de 1.700 euros e foi reservado por Hamahmy em junho, meses antes de pedir o visto, em outubro.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.