sicnot

Perfil

Mundo

Assessora de Trump pede desculpa por falar de massacre que nunca aconteceu

Assessora de Trump pede desculpa por falar de massacre que nunca aconteceu

Uma das principais assessoras de Donald Trump recuou e pediu desculpas. Kellyanne Conway admite que errou ao falar de um massacre que nunca aconteceu em solo americano. Em entrevista à CNN, a assessora considera que a CNN não produz notícias falsas, que é o contrário do que tem dito o Presidente.

  • "Trump também vive no mundo alternativo de Kellyanne Conway"
    5:47

    Opinião

    As sanções aplicadas ao Irão pela administração de Donald Trump e a polémica gerada pela conselheira do Presidente norte-americano, Kellyanne Conway, foram temas em análise no Jornal da Meia-Noite desta sexta-feira. Luís Costa Ribas considera que Trump tem agido com alguma cautela no que toca às relações com Teerão mas refere que o Presidente norte-americano vive no mesmo "mundo alternativo" de Kellyanne Conway, que numa entrevista falou de um massacre que não existiu.

  • O massacre inexistente da conselheira de Trump
    2:01

    Mundo

    Uma das mais importantes conselheiras de Donald Trump deu esta quinta-feira uma entrevista que está a provocar muitas reações nas redes sociais. Isto porque Kellyanne Conway referiu-se a um massacre nos Estados Unidos... que nunca aconteceu.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.