sicnot

Perfil

Mundo

Incêndio em favela de Manila deixa 15.000 pessoas sem casa

Bullit Marquez

Cerca de 15.000 residentes de uma favela junto ao porto de Manila perderam as suas casas num incêndio que lavrou durante a noite até ser extinto na manhã desta quarta-feira, informaram as autoridades nas Filipinas.

Cerca de 1.000 casas foram destruídas no Parola Compound, onde normalmente várias famílias partilham pequenas habitações dispostas ao longo das ruas estreitas, informou o departamento dos bombeiros.

O responsável dos bombeiros Edilberto Cruz disse que sete pessoas sofreram ferimentos ligeiros no incêndio que deflagrou na noite de terça-feira e se propagou rapidamente.

As causas do incêndio estão sob investigação. A responsável da Segurança Social, Regina Jane Mata, afirmou que centros de abrigo foram abertos e que alimentos e água estavam a ser fornecidos a cerca de 3.000 famílias que perderam as suas casas.

Muitas pessoas estavam na estrada nas imediações com os seus pertences, incluindo roupas e mesmo eletrodomésticos como máquinas de lavar e ventoinhas.

Lusa

  • Atrás das Câmaras em Mirandela
    2:36

    Atrás das Câmaras

    A SIC está a percorrer o pais para ouvir as historias dos municípios e dos eleitores. Até às autárquicas, o programa opinião pública dá lugar ao Atrás das Câmaras, que hoje está em Mirandela, no distrito de Bragança, como conta a repórter Catarina Lázaro.

    Hoje na SIC e SIC Notícias

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03
  • "Não é possível fazer tudo ao mesmo tempo"
    0:39

    Orçamento do Estado 2018

    O deputado e economista do PS Paulo Trigo Pereira defende que o desagravamento fiscal que o Governo quer pôr em marcha é "moderado". Em entrevista ao Público e à Renascença, o socialista diz que é preciso realismo e que é uma "alquimia" mexer ao mesmo tempo nas carreiras, pensões e rendimentos dos trabalhadores.

  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15