sicnot

Perfil

Mundo

Netflix em "roaming" para os assinantes em toda a UE

© Mike Blake / Reuters

Os europeus que tenham subscrito serviços como Netflix ou Canal+ vão poder em breve aceder a todos os conteúdos onde quer que estejam em território da União Europeia.

Viajar para fora do país em trabalho ou em férias significa deixar de ver a série preferida, perder importantes acontecimentos desportivos ou deixar de ouvir a música dos serviços em streaming subscritos. Uma prática que pretende proteger os serviços de autor - o geo blocking - impede o acesso aos conteúdos fora do país de residência.

Este obstáculo vai ser removido a partir de 2018, promete a União Europeia.

O Parlamento Europeu, a Comissão Europeia e os Estados-membros chegaram a uma posição comum para finalizar a legislação.

As novas regras são aplicáveis aos serviços digitais e satélite mas não irá abranger aos serviços gratuitos de streaming como o YouTube.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.