sicnot

Perfil

Mundo

Polícia resgata 32 mulheres vietnamitas vendidas como esposas na China

© Reuters Staff / Reuters

A polícia chinesa resgatou 32 mulheres de nacionalidade vietnamita que foram vendidas para casamentos arranjados na China, após desmantelar uma rede que se dedicava a este "tráfico de esposas", informou esta quarta-feira a agência oficial Xinhua.

Um total de 75 suspeitos foram detidos durante a operação, liderada pela polícia de Yunnan, província do sudoeste chinês, que faz fronteira com a Península da Indochina.

A investigação arrancou em setembro de 2015, quando agentes de uma zona rural encontraram um casal em que a esposa não sabia falar chinês e o marido revelou um comportamento suspeito, descreveu a Xinhua.

Após investigação, a polícia descobriu que a mulher era vietnamita e tinha sido vendida por 80.000 yuan (mais de 10.000 euros) para se casar na localidade de Hekou, habitada pela minoria étnica yao.

Através de mediadores, a rede captava mulheres vietnamitas para as casar em diferentes partes da China.

O tráfico de mulheres e crianças continua a existir em muitas zonas rurais da China, apesar das frequentes operações policiais contra este tipo de crime.

Lusa

  • "Desisto com muita dificuldade, só abandono a liderança se houver rebelião"
    2:39
  • Voaram tochas, engenhos pirotécnicos, garrafas na "batalha campal" de Bilbau
    1:39
  • Substituiria o seu café por bolotas?

    País

    Investigadores da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP) desenvolveram um produto à base de bolotas para substituir o café, de forma a evitar os efeitos negativos que esta bebida pode ter nos consumidores.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00