sicnot

Perfil

Mundo

Procurador-geral da Colômbia acusa Presidente de ter recebido doação da Odebrecht

Procurador-geral da Colômbia acusa Presidente de ter recebido doação da Odebrecht

O Ministério Público colombiano diz que o Presidente Juan Manuel Dos Santos recebeu uma doação no valor de 1 milhão de dólares da construtora brasileira Odebrecht para financiar a campanha que o levou à reeleição em 2014. O procurador-geral diz que o montante terá sido recebido por intermédio do ex-Congressista Otto Bula, preso no mês passado por ter participado num esquema de subornos pagos pela empresa de construção brasileira.

A Presidência negou entretanto ter recebido dinheiro da Odebrecht, diz que as contas da campanha mostram a verdade e que as acusações são uma campanha da oposição para denegrir a imagem do executivo.

O Presidente colombiano, que foi o vencedor do Prémio Nobel da Paz no ano passado, é assim o mais recente líder latino-americano envolvido no escândalo que já afetou políticos em diversos países da América do Sul.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.