sicnot

Perfil

Mundo

Trump reitera compromisso com a NATO em conversa telefónica com líder turco

© Jonathan Ernst / Reuters

O Presidente norte-americano, Donald Trump, garantiu ao seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, que os Estados Unidos estão comprometidos com a NATO, apesar das suas críticas no passado, durante uma conversa telefónica na terça-feira.

Trump falou da "relação longa e de proximidade entre os Estados Unidos e a Turquia e do seu compromisso partilhado no combate ao terrorismo em todas as suas formas", refere um comunicado da Casa Branca.

"O Presidente Trump reiterou o apoio dos Estados Unidos à Turquia como parceiro estratégico e aliado da NATO, e saudou as contribuições da Turquia no âmbito da campanha contra o Daesh", acrescenta a mesma nota.

Esta foi a primeira vez que os dois líderes falaram desde que Trump assumiu a presidência norte-americana, a 20 de janeiro.

Pouco antes de tomar posse como Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump afirmou, em entrevista ao jornal britânico The Times e ao alemão Bild, que advertiu há muito tempo que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO, na sigla inglesa) tem "problemas", classificou-a de "obsoleta" e realçou que "os países não estão a pagar o que era suposto pagarem".

No seu discurso de tomada de posse, a 20 de janeiro, Donald Trump afirmou que os Estados Unidos "subsidiaram exércitos de outros países", destacando um dos pontos de atrito relacionados com a aliança.

No entanto, tem vindo repetidamente desde então a sublinhar o apoio dos Estados Unidos à NATO em conversas mantidas com líderes europeus, destacando sempre, porém, a importância de todos os aliados partilharem o fardo do gasto em defesa.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.