sicnot

Perfil

Mundo

Vários projéteis disparados do Sinai para Israel sem causar feridos

Vários projéteis foram disparados esta quarta-feira à noite a partir da Península do Sinai, no Egito, para a estação balnear de Eilat, no Mar Vermelho, no sul de Israel, sem provocarem feridos, anunciou um porta-voz do exército.

"Vários desses 'rockets' foram destruídos em voo pelas baterias do Iron Dome" (Cúpula de Ferro), baterias de interceção destes projéteis, acrescentou o porta-voz.

Um dirigente da autarquia de Eilat declarou à rádio pública que três 'rockets' tinham sido intercetados e um outro explodiu fora da cidade.

Esta península é palco de confrontos sangrentos entre soldados e polícias egípcios contra membros da organização Província do Sinai, o ramo egípcio do grupo radical que se designa por Estado Islâmico.

Anteriormente designada como Ansar Beït al-Maqdess, aquela organização mudou de nome para acentuar a sua obediência a este grupo.

O Ansar Beït al-Maqdess nasceu em março de 2011 com o objetivo de atacar Israel e impedir a cooperação egípcio-israelita, designadamente sabotando o gasoduto que liga os dois países ou lançado projéteis sobre o sul do Estado hebreu.

Lusa

  • A homenagem a Mário Soares no congresso do PS
    2:30
  • Costa defende legalização da eutanásia como forma de "alargar a liberdade"
    0:42
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC