sicnot

Perfil

Mundo

China vai recolher impressões digitais de visitantes estrangeiros

© Marco Bello / Reuters

Os estrangeiros que todos os anos visitam a China terão a partir de agora recolhidas as suas impressões digitais, ao entrar e sair do país, anunciou esta quinta-feira em comunicado o Ministério da Segurança Pública chinês.

As novas regras serão sobretudo aplicadas a pessoas com idades entre os 14 e os 70 anos. A medida será primeiro aplicada em Shenzhen, cidade que faz fronteira com Hong Kong.

As autoridades chinesas contabilizaram mais de 76 milhões de entradas e saídas de estrangeiros, no ano passado. Coreia do Sul, Japão, Estados Unidos e Rússia foram os principais países de origem.

O ministro realçou que o novo requisito é "uma medida importante para fortalecer a gestão das entradas e saídas" e que está de acordo com o praticado em outros países.

Nos Estados Unidos, por exemplo, desde 2004 que se recolhem as impressões digitais da maioria dos visitantes estrangeiros.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.