sicnot

Perfil

Mundo

Especialista diz que Coreia do Norte poderá ter até 45 bombas nucleares em 2020

© KCNA KCNA / Reuters

Um especialista estimou hoje que a Coreia do Norte poderá ter até 45 bombas nucleares em 2020 atendendo ao aumento previsto das suas reservas de urânio e plutónico e ao seu ritmo, cada vez mais acelerado, de desenvolvimento de armas.

A Coreia do Norte poderá possuir atualmente cerca de 280 quilos de urânio altamente enriquecido, afirmou hoje, durante um fórum em Seul, Lee Sang-hyun, vice-presidente do Instituto Sejong, um 'think-tank' privado que figura entre os mais influentes do país, "Dada a quantidade de material físsil nas mãos da Coreia do Norte, o país poderá ter entre 22 e 45 armas nucleares", observou o especialista em declarações reproduzidas pela agência noticiosa sul-coreana Yonhap, a propósito das suas projeções para os próximos três anos.


Lee baseia a sua projeção na crença de que Pyongyang, que reativou em 2013 o centro nuclear de Yongbyon, e aparentemente aumentou a sua produção de material para bombas, poderia elevar a sua capacidade de reprocessar plutónio a um ritmo de seis quilogramas anuais e ampliar as suas reservas de urânio em 80 quilogramas ao ano.


Lee apontou que o regime de Kim Jong-un terá utilizado urânio enriquecido para o seu mais recente teste nuclear, em setembro, e que estas melhorias tecnológicas fazem pensar que se aproxima cada vez mais do desenvolvimento de armas nucleares passíveis de serem colocadas em mísseis balísticos.


Além do ensaio nuclear de setembro, a Coreia do Norte realizou outro oito meses antes, os quais se juntaram aos levados a cabo em 2006, 2009 e 2013.

Lusa

  • EUA avisam Pyongyang: uso de armas nucleares terá resposta "esmagadora"

    Mundo

    O secretário de Estado da Defesa norte-americano avisou a Coreia do Norte de que os Estados Unidos estão preparados para responder de forma "esmagadora" caso Pyongyang recorra ao uso de armamento nuclear. As declarações de Jim Mattis foram feitas esta sexta-feira, na Coreia do Sul, perante a possibilidade das autoridades norte-coreanas se prepararem para testar um novo míssil balístico e armamento nuclear.

  • DIRETO: Célula terrorista preparava grande atentado na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das vítimas mortais do atentado em Barcelona era de Lisboa e há uma outra portuguesa, a sua neta, desaparecida. A polícia procura quatro jovens e há outras quatro detenções confirmadas. Os autores dos ataques na Catalunha, que mataram 14 pessoas e feriram 140, pertenciam ao mesmo grupo. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35

    Ataque em Barcelona

    Em Cambrils, também na Catalunha, foram mortos cinco alegados terroristas que atropelaram várias pessoas, uma morreu e seis ficaram feridas, quando escapavam a uma perseguição policial, esta madrugada. As autoridades investigam uma eventual relação entre os dois atentados. Nota: chamamos à atenção para a violência das imagens, que podem chocar os espetadores mais sensíveis.

  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Vento e calor provocam reacendimentos em Mação
    1:55

    País

    As temperaturas altas e o vento forte estão a provocar reacendimentos em Mação. No terreno mantêm-se cerca de 800 bombeiros, numa altura que que há receio que as chamas voltem a ficar ativas, como explica o repórter Rui Carlos Teixeira.