sicnot

Perfil

Mundo

Já é possível arrefecer coisas sem gastar água nem luz

© Finbarr O'Reilly / Reuters

Cientistas de duas universidades norte-americanas criaram um novo material capaz de ser usado como uma película para arrefecer objetos, mesmo que estejam ao sol, sem gastar energia ou água.

O 'metamaterial', que não existe naturalmente, apresentado hoje na revista especializada Science, é capaz de arrefecer o objeto sobre o qual é colocado, agindo como uma espécie de ar condicionado, e pode ser usado como meio de arrefecimento para centrais termoelétricas sem tanto gasto de eletricidade.

Funciona refletindo a energia solar que incide sobre si de volta para o espaço e, simultaneamente, permite à estrutura na qual está colocado libertar calor através de radiação infravermelha.

A película inventada pelos cientistas de universidades do Colorado e do Wyoming é ligeiramente mais espessa que a folha de alumínio habitualmente usada na cozinha e pode ser fabricada em grande escala para utilização doméstica ou comercial.

"Apenas 10 ou 20 metros quadrados deste material a revestir um telhado poderiam perfeitamente arrefecer uma residência familiar no verão", afirmou o académico Gang Tan, professor associado do Departamento de Engenharia Civil e Arquitetónica da Universidade do Wyoming.

Esta invenção pode ainda ser usada para aumentar a eficácia e longevidade dos painéis solares, que podem sobreaquecer ao ponto de perderem a capacidade de transformar os raios solares em eletricidade.

"Aplicando este material à superfície de um painel solar, conseguimos arrefecê-lo e recuperar um ou dois por cento da sua eficácia", afirmou o professor Xiaobo Yin, da universidade de Boulder, no Colorado. Os investigadores pediram o registo da patente desta nova tecnologia e tencionam ensaiar o material num protótipo com 200 metros quadrados de área já este ano.

"A principal vantagem é que funciona ininterruptamente sem precisar de água ou eletricidade", destacou Ronggui Yang, da universidade de Boulder, indicando que pode ser usado ainda nos setores da produção de energia, aeroespacial e agricultura.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.