sicnot

Perfil

Mundo

Ministro romeno demite-se após onda de manifestações

© Inquam Photos / Reuters

O ministro da Justiça romeno, Florin Iordache, anunciou esta quinta-feira a sua demissão, na sequência das manifestações maciças contra o decreto que despenalizava certos casos de corrupção, do qual foi um dos autores.

"Decidi apresentar a minha demissão", disse Iordache numa conferência de imprensa em Bucareste. O ministro defendeu a sua atuação, afirmando que tudo o que fez foi "legal e constitucional", embora insuficiente para acalmar "a opinião pública".

O decreto, adotado a 31 de janeiro e revogado no domingo, previa a despenalização dos casos de corrupção envolvendo valores abaixo dos 44.000 euros, permitindo a vários políticos já acusados escapar à justiça.

O texto legal desencadeou uma vaga de protestos em massa, os maiores desde o fim do regime comunista, em 1989, que continuaram após a revogação, com alguns dos manifestantes a exigir a demissão do governo social-democrata, no poder há pouco mais de um mês.Na quinta-feira, o governo sobreviveu a uma moção de censura no Parlamento, onde tem a maioria.

Lusa

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13