sicnot

Perfil

Mundo

Ministro romeno demite-se após onda de manifestações

© Inquam Photos / Reuters

O ministro da Justiça romeno, Florin Iordache, anunciou esta quinta-feira a sua demissão, na sequência das manifestações maciças contra o decreto que despenalizava certos casos de corrupção, do qual foi um dos autores.

"Decidi apresentar a minha demissão", disse Iordache numa conferência de imprensa em Bucareste. O ministro defendeu a sua atuação, afirmando que tudo o que fez foi "legal e constitucional", embora insuficiente para acalmar "a opinião pública".

O decreto, adotado a 31 de janeiro e revogado no domingo, previa a despenalização dos casos de corrupção envolvendo valores abaixo dos 44.000 euros, permitindo a vários políticos já acusados escapar à justiça.

O texto legal desencadeou uma vaga de protestos em massa, os maiores desde o fim do regime comunista, em 1989, que continuaram após a revogação, com alguns dos manifestantes a exigir a demissão do governo social-democrata, no poder há pouco mais de um mês.Na quinta-feira, o governo sobreviveu a uma moção de censura no Parlamento, onde tem a maioria.

Lusa

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas. Num despacho enviado à companhia aérea que os transportou, tanto o jornalista como o repórter de imagem são considerados "inadmissíveis no território da Venezuela".

  • "Fomos considerados inadmissíveis no território da Venezuela"
    4:43

    País

    O jornalista Luís Garriapa entrou em direto no Jornal da Noite, para explicar o que aconteceu esta quinta-feira, no aeroporto de Caracas. A equipa de reportagem de SIC foi impedida de entrar na Venezuela, onde ia cobrir as eleições da Assembleia Constituinte, marcadas para domingo.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25
  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.