sicnot

Perfil

Mundo

Polícia e manifestantes envolvidos em confrontos no centro do Rio de Janeiro

(Arquivo)

© Ricardo Moraes / Reuters

Um protesto organizado por funcionários públicos perto da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro resultou em confrontos violentos entre polícias militares e manifestantes.

Imagens transmitidas ao vivo nas redes sociais, pelo coletivo de jornalistas Mídia Ninja, mostra que as ruas do centro do Rio de Janeiro se transformaram num verdadeiro campo de guerra, com a polícia a lançarem centenas de granadas de gás lacrimogénio para dispersar os manifestantes.

O protesto foi ainda marcado pela atear de pequenos incêndios em caixotes de lixo e no interior de uma agência bancária, tendo alguns dos manifestantes arremessado objetos e 'cocktails molotov' contra a polícia.

A manifestação resultou de um protesto organizado por funcionários públicos do Rio de Janeiro contra o pacote de austeridade defendido pelo Governo local, que atravessa uma grave crise financeira e pretende promover cortes de gastos para limpar o défice das contas públicas.

Desde o ano passado que os funcionários públicos estão com salários atrasados e algumas corporações, como a dos polícias, já chegaram a considerar uma paralisação que poderia mergulhar o Rio de Janeiro num caos semelhante ao que se verifica no Estado vizinho, do Espírito Santo, onde desde o último sábado uma greve de agentes da polícia está em curso, tendo os saques e crimes resultado já na morte de dezenas de pessoas.

No início da noite (madrugada em Lisboa) os deputados do Rio de Janeiro vão começar a debater os termos da privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgoto (Cedae), uma ação pedida pelo Governo Federal como contrapartida de um empréstimo já negociado.

Além da insatisfação dos funcionários, o Estado do Rio de Janeiro enfrenta também uma séria crise política.

Na quarta-feira, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro cassou o mandato do Governador Luiz Fernando de Souza Pezão, e do vice-governador, Francisco Dornelles, por abuso de poder económico e político durante a última campanha eleitoral.Apesar de cassados continuam a deter o poder executivo no Estado, uma vez que a decisão do TRE não é definitiva, cabendo ainda recurso nutras instâncias da justiça brasileira.

Lusa

  • Mais de 50 concelhos do país em risco máximo de incêndio

    País

    Mais de meia centena de concelhos de dez distritos do país estão hoje em risco 'máximo' de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). De acordo com o IPMA, estão sob este aviso 51 concelhos dos distritos de Castelo Branco, Faro, Portalegre, Santarém, Coimbra, Leiria, Guarda, Vila Real, Viseu e Bragança.

  • "Ao contrário do que diz a direita, o futuro dos jovens é aqui"
    0:52

    Economia

    António Costa atacou esta sexta-feira à noite a direita com o aumento do emprego jovem. Perante vários jovens no acampamento nacional da Juventude Socialista, o secretário-geral do PS dirigiu-se ainda aos partidos de direita para garantir que o aumento do salário mínimo está a criar mais emprego com maior qualidade.

  • Uma viagem aérea por Pegões
    1:00
    Visão de Portugal

    Visão de Portugal

    DIARIAMENTE NO JORNAL DA NOITE

    O espaço Visão de Portugal, do Jornal da Noite da SIC, mostra o país através de imagens aéreas. A rubrica leva-nos esta sexta-feira a sobrevoar Pegões, no concelho de Tomar. 

  • Porto eleito pela terceira vez o melhor destino europeu 
    2:53

    País

    O Porto foi eleito o melhor destino europeu pela terceira vez e as distinções internacionais não param de chegar. Desta vez os elogios chegam através da norte-americana CNN. Os preços acessíveis, a gastronomia, a história e a arquitetura são os pontos da cidade que tem a rua com maior tráfego do país. 

  • Lisboa é o terceiro melhor destino de cruzeiros
    1:22

    País

    O Turismo em Lisboa tem registado um crescimento. A cultura, a arte e os preços baixos são os pontos fortes apontados pelos turistas. A capital é já considerada o terceiro melhor destino de cruzeiros. O novo terminal do porto de Lisboa e a ligação direta a Pequim deverão aumentar ainda mais o número de visitantes.

  • Ir ao Minho e a Sintra
    22:50
  • Líder da Palestina hospitalizado

    Mundo

    O Presidente palestiniano, Mahmud Abbas, de 82 anos, foi hospitalizado este sábado em Ramallah, na Cisjordânia, para se submeter a um "exame de rotina" durante algumas horas, anunciou um porta-voz.