sicnot

Perfil

Mundo

Taxa de desemprego na Grécia atingiu 23% em novembro

© Yannis Behrakis / Reuters

A taxa de desemprego na Grécia em novembro foi de 23%, inalterada face a outubro e menos 1,5 pontos percentuais do que no mesmo mês de 2015, segundo dados corrigidos de variações sazonais divulgados esta quinta-feira.

Segundo os dados, divulgados pela agência de estatística grega, Elstat, em termos absolutos, o número de desempregados em novembro atingiu 1.100.118, menos 1.768 do que em outubro e menos 76.455 pessoas do que em novembro de 2015.

Em novembro, o número de empregados cifrou-se em 3.683.795, menos 1.338 do que no mês precedente e mais 49.141 pessoas do que no mesmo mês de 2015.

O número de pessoas inativas - que não trabalha nem está à procura ativamente de emprego - atingiu 3.252.309, mais 3.103 do que em outubro e menos 6.710 do que no mesmo mês de 2015.

Em novembro, por sexos, a taxa de desemprego continuou a ser muito superior entre as mulheres (27,5%) do que entre os homens (19,4%), apesar de o desemprego feminino ter descido 0,2 pontos percentuais enquanto o masculino subiu 0,2 pontos.

O desemprego entre os jovens continuou em níveis elevados ao atingir 45,7% das pessoas com idades entre os 15 e 24 anos, mais 1,5 pontos do que no mês precedente.

A segunda faixa etária mais afetada pelo desemprego na Grécia em novembro foi a compreendida entre os 25 e os 34 anos, que atingiu 29,9%.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.