sicnot

Perfil

Mundo

Balanço das avalanches no Afeganistão atinge os 191 mortos

© Omar Sobhani / Reuters

As avalanches e intempéries no Afeganistão na semana passada causaram pelo menos 191 mortos e 300 feridos, segundo um novo balanço governamental divulgado hoje, enquanto prosseguem as operações de socorro nas zonas mais afetadas.

Trinta e duas províncias afegãs sofreram abundantes quedas de neve, que danificaram casas, causaram avalanches e bloquearam numerosos habitantes nas suas habitações.

"O balanço atualizado que recebemos das províncias afetadas pelas avalanches e o tempo glacial atingiu os 191 mortos", declarou à agência France Presse o vice-ministro das Catástrofes Naturais, Mohammad Aslam Sayyas."A província mais afetada é a do Nouristan, onde pelo menos 68 pessoas morreram nas recentes avalanches", adiantou Sayyas.

As autoridades intensificaram as operações de socorro durante a semana, à medida que as condições meteorológicas melhoravam.

Pelo menos 300 pessoas ficaram feridas e mais de 500 outras foram socorridas em todo o país, disse ainda.O governador do Nouristan, Hafiz Abdul Qayyom, disse que dezenas de casas foram destruídas e que as famílias enlutadas receberam alimentos e dinheiro por helicóptero.

O norte montanhoso do Afeganistão é anualmente palco de avalanches ainda mais mortíferas devido à falta de equipamento das equipas de socorro.

Apesar dos milhares de milhões de dólares de ajuda internacional que recebeu desde a queda do regime dos talibãs em 2001, o Afeganistão, marcado por quatro décadas de conflito, continua a ser um dos países mais pobres do mundo.

Lusa

  • Conselho Europeu elege sedes de agências em novembro

    Mundo

    Os líderes da UE adotaram os critérios para a escolha das cidades que acolherão as sedes das agências europeias atualmente em Londres, uma das quais a do Medicamento, que Portugal quer receber, agendando a eleição para novembro.

  • Morreu Miguel Beleza, antigo ministro das Finanças e governador do BdP
    1:34
  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.