sicnot

Perfil

Mundo

Balanço das avalanches no Afeganistão atinge os 191 mortos

© Omar Sobhani / Reuters

As avalanches e intempéries no Afeganistão na semana passada causaram pelo menos 191 mortos e 300 feridos, segundo um novo balanço governamental divulgado hoje, enquanto prosseguem as operações de socorro nas zonas mais afetadas.

Trinta e duas províncias afegãs sofreram abundantes quedas de neve, que danificaram casas, causaram avalanches e bloquearam numerosos habitantes nas suas habitações.

"O balanço atualizado que recebemos das províncias afetadas pelas avalanches e o tempo glacial atingiu os 191 mortos", declarou à agência France Presse o vice-ministro das Catástrofes Naturais, Mohammad Aslam Sayyas."A província mais afetada é a do Nouristan, onde pelo menos 68 pessoas morreram nas recentes avalanches", adiantou Sayyas.

As autoridades intensificaram as operações de socorro durante a semana, à medida que as condições meteorológicas melhoravam.

Pelo menos 300 pessoas ficaram feridas e mais de 500 outras foram socorridas em todo o país, disse ainda.O governador do Nouristan, Hafiz Abdul Qayyom, disse que dezenas de casas foram destruídas e que as famílias enlutadas receberam alimentos e dinheiro por helicóptero.

O norte montanhoso do Afeganistão é anualmente palco de avalanches ainda mais mortíferas devido à falta de equipamento das equipas de socorro.

Apesar dos milhares de milhões de dólares de ajuda internacional que recebeu desde a queda do regime dos talibãs em 2001, o Afeganistão, marcado por quatro décadas de conflito, continua a ser um dos países mais pobres do mundo.

Lusa

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Letizia, uma rainha da nova geração
    2:01