sicnot

Perfil

Mundo

Plástico e vidro poluem até o oceano Ártico

© Reuters Staff / Reuters

O Oceano Ártico está cheio de lixo, alertaram esta sexta-feira cientistas alemães, que descobriram que a concentração de detritos numa estação marinha de grande profundidade aumentou 20 vezes em 10 anos.

Sacos de plástico, vidros e redes de pesca concentram-se nas profundezas e ameaçam o ecossistema, afirmam os investigadores do Instituto Alfred Wegener, em Bremerhaven, que monitorizam a rede de observação de profundidade localizada no estreito de Fram, entre a Gronelândia e costa do arquipélago norueguês de Svalbard.

O resultado da pesquisa, que decorre desde 2002, foi publicado na revista científica Deep Sea Research, e nele se afirma que "os níveis de lixo nas profundezas do Ártico subiram rapidamente nos últimos anos", de acordo com o biólogo Mine Tekman.

Os cientistas, que observaram o leito marinho a uma profundidade de 2.500 metros, estimam que em 2014 havia uma média de 6.333 pedaços de lixo por cada quilómetro quadrado de oceano.

Numa das estações situadas mais a norte, a quantidade de lixo observada aumentou 20 vezes, de 346 detritos em 2004 para mais de 8.000 em 2014.

Embora o plástico seja habitualmente associado à corrente oceânica do Golfo, que começa no golfo do México e atravessa o oceano Atlântico, os investigadores alemães acreditam agora que parte do plástico fica preso no próprio gelo quando a água do mar congela e que, quando o gelo derrete, o plástico é libertado na zona do estreito de Fram.

No caso do vidro, que não costuma ser levado pelas correntes, é associado ao aumento do tráfego marítimo na zona, libertada para a navegação devido ao degelo no Ártico.

Verificaram ainda que o plástico no fundo do mar é composto por pedaços cada vez mais pequenos, algo que não conseguem explicar, uma vez que o plástico não se costuma desintegrar tanto sem raios ultravioleta e a baixas temperaturas.

Lusa

  • "Desisto com muita dificuldade, só abandono a liderança se houver rebelião"
    2:39
  • Como um tweet de Kylie Jenner levou à queda das ações do Snapchat

    Economia

    As ações da Snap Inc., empresa que gere o Snapchat, fecharam a cair 6% na bolsa de Wall Street, esta quinta-feira, depois de Kylie Jenner ter anunciado que tinha deixado de usar a aplicação. A celebridade norte-americana tem mais de 24 milhões de seguidores e é considerada uma das utilizadoras mais influentes do Snapchat.

  • Arqueólogos anunciam descoberta de selo com assinatura do profeta Isaías

    Mundo

    Arqueólogos israelitas afirmam ter descoberto a marca de um selo num pedaço de argila que exibe o que consideram ser a assinatura do profeta bíblico Isaías, a quem se atribui a autoria de um livro do Antigo Testamento e de vários excertos do Novo Testamento. O achado arqueológico agora divulgado poderá ser a primeira prova da existência do profeta Isaías até agora encontrada. A descoberta aconteceu em Jerusalém, próximo do local onde foi encontrada um outro selo com a impressão da assinatura do rei Ezequias de Judá.

  • Escolas da Portela e Moscavide degradadas e com amianto
    3:00
  • Marcelo de "alma cheia" no fim da visita a São Tomé e Príncipe
    2:43

    País

    O Presidente da República terminou esta quinta-feira no Príncipe uma visita de três dias a São Tomé. Marcelo Rebelo de Sousa prometeu o reforço da cooperação económica e anunciou a visita de António Costa antes do Verão. e lembrou os políticos portugueses de que é muito mais o que nos une, do que o que nos separa.

    Enviados SIC

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00