sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro do Iraque pede a Trump para retirar o seu país da lista

O primeiro-ministro iraquiano, Haider Al-Abadi, pediu numa conversa telefónica com o presidente norte-americano, Donald Trump, a retirada do Iraque da lista dos países cujos cidadãos são proibidos de entrar nos Estados Unidos, foi hoje divulgado.

O Iraque, juntamente com o Iémen, Irão, Líbia, Síria, Somália e Sudão, integra a lista dos Estados visados num decreto assinado no dia 27 de janeiro por Trump, para impedir que os cidadãos desses países entrassem nos Estados Unidos durante três meses

O decreto foi entretanto suspenso temporariamente, mas Trump prometeu continuar a batalha nos tribunais para defender a medida.

Segundo um comunicado divulgado hoje pelo gabinete de Abadi, este exortou Trump "a retirar o Iraque da lista dos países mencionados no decreto" durante a conversa telefónica na quinta-feira.

"Trump sublinhou a importância de uma coordenação visando encontrar uma solução para o problema tão rapidamente quanto possível", adianta o texto, sem mais pormenores.

Os Estados Unidos têm mais de 4.800 soldados no Iraque e lideram a coligação internacional que apoia as forças iraquianas desde setembro de 2014 no combate ao grupo extremista Estado Islâmico.

A aviação norte-americana e conselheiros militares dos Estados Unidos ajudam atualmente o governo iraquiano a reconquistar Mossul, a segunda cidade do Iraque, ocupada pelos 'jihadistas'.

Abadi tinha antes criticado o decreto de Trump, considerando que punia os que "combatem o terrorismo".

Lusa


  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Parceiros sociais retomam hoje discussão sobre legislação laboral

    Economia

    Os parceiros sociais retomam esta tarde a discussão sobre as alterações à legislação laboral nas áreas do combate à precariedade, promoção da negociação coletiva e reforço da inspeção do trabalho. No encontro, marcado para as 15:00 no Conselho Económico e Social (CES), em Lisboa, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, deverá apresentar um novo documento com alterações face ao que foi proposto aos parceiros sociais há dois meses.

  • Marcelo descobre que vê mal "ao longe à esquerda"
    2:05

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa recebeu uma declaração dos médicos contra a despenalização da eutanásia. A audiência ao atual bastonário e cinco antecessores acontece a uma semana do tema ir a debate no Parlamento, e no dia em que o Presidente da República foi a estrela do Dia da Segurança Infantil. Marcelo aproveitou para fazer um rastreio à visão e concluiu que tem que estar "atento", à esquerda, ao longe".

  • PS "vai ficar em banho-maria durante anos" por causa de Sócrates
    0:59

    País

    Miguel Sousa Tavares considera que o PS vai ficar em "banho-maria" durante anos por causa de José Sócrates. Em entrevista na SIC Notícias, o comentador criticou os dirigentes socialistas pela forma como se tentaram demarcar do ex-primeiro-ministro e disse que António Costa devia ter tomado uma atitude mais concreta.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC