sicnot

Perfil

Mundo

Seca no Quénia declarada como "desastre nacional"

© Siegfried Modola / Reuters

O Presidente do Quénia declarou esta sexta-feira "desastre nacional" a seca que o país enfrenta. Uhuru Kenyatta diz que o fenómeno está a colocar um sério risco para as populações, para o gado e para a vida selvagem, e pede ajuda.

A seca está a afetar 23 dos 47 condados do país. A Cruz Vermelha queniana estima que cerca de 2.7 milhões de pessoas estejam a precisar de alimentos. Não chove no país, praticamente, desde novembro e também não é esperado que chova antes de Abril.

Só este mês, há registo de onze mortes no norte do Quénia, associadas à seca.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48