sicnot

Perfil

Mundo

Trump sem dúvidas: vai vencer luta judicial por decreto anti-imigração

© Joshua Roberts / Reuters

O Presidente norte-americano afirmou esta sexta-feira não ter "qualquer dúvida" sobre o seu êxito final na batalha judicial pela reposição da ordem executiva proibindo a entrada de imigrantes nos Estados Unidos, suspensa por um tribunal federal.

Depois de ter sido conhecida, na quinta-feira, a decisão de um tribunal de segunda instância de manter suspenso o polémico decreto, Donald Trump prometeu hoje novas medidas para garantir a segurança dos Estados Unidos, sem esperar pela resolução deste braço-de-ferro judicial.

"Faremos qualquer coisa muito em breve quanto a um aumento da segurança do nosso país", declarou Trump em conferência de imprensa na Casa Branca.

"Além disso, prosseguiremos o processo judicial e não tenho qualquer dúvida de que ganharemos neste caso específico", disse o novo Presidente norte-americano sobre a mais emblemática das medidas que adotou desde o início do mandato, a 20 de janeiro.

Assinado a 27 de janeiro, o decreto presidencial proibia a entrada nos Estados Unidos de cidadãos de sete países de maioria muçulmana -- Iémen, Irão, Iraque, Líbia, Síria, Somália e Sudão -- durante 90 dias, de todos os refugiados por 120 dias e de refugiados sírios indefinidamente.

O tribunal de apelação de San Francisco manteve na quinta-feira a suspensão desta ordem presidencial, anteriormente decretada por um juiz federal, tendo os seus três magistrados insistido unanimemente na necessidade de proteger "o interesse público".

Os juízes consideraram que o Governo Trump não apresentou provas de que a manutenção da suspensão do decreto teria como consequência a ocorrência de graves atentados à segurança dos Estados Unidos, como afirma.

Na quinta-feira à noite, logo após o anúncio da decisão judicial, o Presidente norte-americano reagiu na rede social Twitter: "estamos em tribunal, a segurança da nossa nação está em causa!".

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52