sicnot

Perfil

Mundo

Jornalistas que recolhiam informação sobre obras Odebrecht detidos na Venezuela

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

Quatro pessoas, incluindo jornalistas, foram este sábado detidas pelo Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin, serviços secretos venezuelanos) no estado de Zúlia, no oeste da Venezuela, quando recolhiam informações sobre obras em execução pela empresa brasileira Odebrecht.

Segundo a organização não governamental Transparência Venezuelana, as detenções ocorreram pelas 12:00 locais de hoje (16:30 horas em Lisboa) e foram detidos o coordenador daquela organização em Zúlia, Jesus Urbina, a sua assistente e jornalista Maria Jose Tua e os brasileiros Leandro Stoliar (jornalista) e Gilson Sousa de Oliveira (operador de câmara).

Ambos os jornalistas brasileiros trabalham para a estação de televisão Record, que já solicitou apoio ao Governo brasileiro e à embaixada brasileira em Caracas.

"Encontravam-se a recolher informação nas instalações da segunda ponte sobre o lago de Maracaibo ou Puente Nigale, localizada em Maracaibo (cidade), estado de Zúlia, obra que é executada pela empresa brasileira Odebrecht e é responsabilidade do Ministério de Transportes Terrestres e Obras Públicas [da Venezuela] ", explica um comunicado da ONG.

Segundo a Transparência Venezuela, os quatro "foram detidos por uma comissão do Sebin que os escoltou até à sede" dos serviços secretos, em Maracaibo, e à chegada "tiraram-lhes os telefones celulares".

"A Transparência Venezuela exige a libertação imediata dos ativistas e jornalistas detidos, e condena esta detenção arbitrária de parte do Sebin", explica o documento, a que a agência Lusa teve acesso.

A ONG faz "um apelo à Defensoria do Povo [espécie de procuradoria popular] , para que se apresente no lugar da detenção e garanta o direito ao trabalho e à livre informação".

Diversas fontes dão conta de que a detenção teve lugar no momento em que os jornalistas paravam a viatura para fazer algumas fotos e vídeos ao viaduto, cuja construção foi encomendada à Odebrecht.

A obra "tem um atraso de sete anos", segundo as fontes.

A construção do viaduto foi anunciada no ano de 2005, pelo falecido Presidente da Venezuela, Hugo Chávez, prevendo-se então que fosse inaugurada em 2010.

Em janeiro, o Ministério Público venezuelano anunciou a abertura de uma investigação para determinar se funcionários do Governo de Caracas receberam subornos da empresa construtora brasileira.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Cerca de uma centena de granadas e várias munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Só 40% das multas por falta de limpeza dos terrenos foram cobradas em 2016
    1:43

    País

    Este ano, a Guarda Nacional Republicana já autuou mais de 660 proprietários de terrenos, que não cumpriram as regras de prevenção e proteção das florestas contra incêndios, sobretudo as de limpeza. Em 2016, das mais de duas mil multas passadas pela GNR, só 40% foram cobradas. Relativamente a este ano, apenas um terço das multas foram pagas.

  • Porto Design Factory: um lava-louças com tecnologia ultrassom e muitas outras coisas
    1:45
  • Jovens participam na maior competição nacional de aplicações
    2:10

    País

    O presente e o futuro passam cada vez mais pelas novas tecnologias, sobretudo as aplicações. Alunos de cerca de 100 escolas estão a participar na terceira edição da Apps For Good, a maior competição nacional de aplicações desenvolvidas por jovens, que decorre em Matosinhos.

  • O iPhone faz 10 anos
    2:01
  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".