sicnot

Perfil

Mundo

Milhares manifestam-se pelo 13.º dia consecutivo na Roménia contra a corrupção

Milhares manifestam-se pelo 13.º dia consecutivo na Roménia contra a corrupção

Mais de 15 mil pessoas manifestaram-se este domingo, pelo 13.º dia consecutivo, em Bucareste e noutras cidades romenas contra a corrupção na classe política, apesar de o Governo ter recuado no decreto que despenalizava alguns casos.

Segundo a televisão pública da Roménia TVR, entre os milhares de manifestantes que se concentraram frente à sede do governo, gritavam-se palavras de ordem como "vergonha" e "não vamos para casa, os ladrões não nos deixam" e liam-se em cartazes exigências como "Governo limpo e competente".

Apesar das baixas temperaturas, cerca de 10 mil pessoas saíram às ruas em Bucareste, quatro mil em Cluj Napoca, 1.500 em Timisoara e várias centenas em Sibiu, Brasov e Iasi, segundo a TVR.

Florin Iordache, autoproclamado autor do decreto que previa despenalizar crimes de abuso de poder e corrupção caso o prejuízo causado ao Estado fosse inferior a 44 mil euros, demitiu-se como ministro de Justiça na quinta-feira e no dia seguinte o parlamento chumbou uma moção de censura apresentada pela oposição liberal contra o Governo.

O primeiro-ministro romeno, Sorin Grindeanu, declarou que não se demitirá, mas assegurou que vai iniciar um debate com a oposição e a sociedade civil para reformar o sistema judicial.

Com Lusa

  • Dez feridos ligeiros em naufrágio de embarcação em Cascais

    País

    Uma embarcação de recreio com 10 pessoas a bordo naufragou ao largo da Parede, na linha de Cascais. Todos os tripulantes foram resgatados pelas autoridades marítimas e bombeiros e apresentam escoriações ligeiras e sinais de hipotermia. O barco foi entretanto retirado da água e a marginal continua cortada ao trânsito.

  • PS apresenta Lei de Bases da Habitação para abrir debate sobre habitação acessível
    1:19

    Economia

    O PS quer avançar com uma Lei de Bases da Habitação. A proposta apresentada esta quinta-feira propõe a requisição de casas devolutas para habitação e apoios concretos para o arrendamento a preços acessíveis. O líder parlamentar do PS, Carlos César, diz que é tempo de abrir um debate sobre a habitação que acredita que pode resultar numa Lei ainda na atual legislatura.

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.