sicnot

Perfil

Mundo

Suu Kyi quer cessar-fogo nacional com todos grupos armados em Myanmar

Thein Zaw / AP

A dirigente política do Myanmar (a antiga Birmânia) Aung San Suu Kyi pediu a todos os grupos étnicos armados para assinarem um cessar-fogo a nível nacional.

A responsável falava hoje nas celebrações do Dia da União em Panglong, o mesmo lugar onde o seu pai, o general Aung San, assinou um tratado de paz com grupos étnicos em 1947.

Suu Kyi e o seu partido da Liga Nacional para a Democracia prometeram que a paz seria a primeira prioridade, apesar dos conflitos entre os grupos étnicos e os militares.

Nos últimos meses, os críticos acusaram Suu Kyi por não se pronunciar contra os ataques aéreos dos militares e contra os abusos de direitos humanos em áreas étnicas.

Os conflitos, em particular no norte onde os rebeldes Kachin estão a combater o exército, levaram à deslocação de mais de 100.000 civis desde 2011.

  • Carro do suspeito de rapto de Maelys fotografado por radar a alta velocidade
    1:16

    Mundo

    Praticamente um mês depois do desaparecimento de Maelys de Araújo, as autoridades francesas continuam a fazer buscas para tentar encontrar a menina lusodescendetnte de 9 anos. Entretanto, um jornal francês revelou que o carro do homem suspeito de rapto terá sido fotografado, por um radar, a alta velocidade na noite do desparecimento.

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Icebergue com 5.800 quilómetros quadrados está a deslocar-se na Antártida

    Mundo

    Um icebergue gigante está a deslocar-se na Antártida em direção ao mar de Weddell segundo as imagens de satélite reveladas. Trata-se do A68, um icebergue quatro vezes maior que a cidade de Londres. Com cerca de 5.800 quilómetros quadrados e triliões de toneladas, A68 é um dos maiores icebergues conhecidos.