sicnot

Perfil

Mundo

Mulher americana visita todos os países do mundo em tempo recorde

Cassie de Pecol, na Coreia do Norte.

196 países em 18 meses e 26 dias. Foi quanto tempo levou a americana Cassie de Pecol a percorrer todos os países do mundo. O objetivo era promover a paz, mas nem todos a receberam de braços abertos.

A mulher, de 27 anos, sentia que para viajar à volta do mundo precisava de um objetivo concreto.

Encontrou-o no Instituto Internacional para a Paz no Turismo. Na viagem que iniciou a julho de 2015 como embaixadora desta instituição, Cassie decidiu promover o entendimento cultural.

Instagram

Em mais de 50 países, Cassie encontrou-se com governadores e ministros do turismo para apresentar a Declaration of Peace (Declaração de Paz). Apesar disso, as boas-vindas nem sempre foram agradáveis.

Na Coreia do Norte, um soldado cumprimentou Cassie com aperto de mão e um "Vamos destruir-vos, América". A mulher não se deixou ficar e respondeu que "apesar de os nossos governos não serem amigos, isso não significa que tenhamos que ser inimigos".

No instagram expedition_196, Cassie partilhou fotografias da sua viagem e reflexões sobre os países que visitou.

A viagem, que durou mais de ano e meio, chegou agora ao fim e foi concluída em menos de metade do tempo do antigo recordista do Guinness.

Instagram
  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50