sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro francês insiste no eixo Franco-alemão para resistir à desintegração da UE

O primeiro-ministro francês, Bernard Cazeneuve, e a chanceler alemã, Angela Merkel, reiteraram hoje a importância da cooperação França-Alemanha num momento de mudanças e riscos.

"Esta solidariedade muito forte entre Paris e Berlim é hoje mais necessária do que nunca à medida que alguns agitam o espectro da desunião da Europa (...) e nós devemos enfrentar juntos os maiores desafios globais", sublinhou Cazeneuve em declarações à imprensa ao lado da chanceler alemã, ainda antes do encontro entre ambos.

Cazeneuve enumerou os desafios globais que os dois países devem enfrentar em conjunto: "a situação securitária que resulta do terrorismo que ataca os dois países", "o desafio migratório" e os "desafios ambientais e políticos".

"A nossa responsabilidade comum é sobretudo a de fornecer respostas muito concretas àqueles que podem trazer valor-acrescentado à Europa, fornecer provas tangíveis do que somos capazes de fazer em conjunto", acrescentou.

Por seu lado, a chanceler alemã disse que "só com cooperação estreita é possível enfrentar os perigos" e sublinhou a necessidade de ver prosperar as economias alemã e francesa, para que a "Europa seja forte".

O primeiro-ministro francês indicou igualmente que o "dever comum" da França e da Alemanha é o de "assegurar a estabilidade e o crescimento da economia europeia".

Lusa


  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.