sicnot

Perfil

Mundo

Filhos de Donald Trump inauguram campo de golfe no Dubai no sábado

© David Moir / Reuters

Os filhos do Presidente norte-americano vão inaugurar um campo de golfe no Dubai no sábado, o primeiro lançamento de um negócio do império Trump desde que tomou posse em janeiro.

"Junte-se a nós para celebrar a grande abertura do icónico destino de golfe Trump International Golf Club Dubai", refere o convite do promotor imobiliário DAMAC Properties.

Donald Trump Jr e Eric Trump deverão marcar presença na cerimónia.

O lançamento deste projeto surge um mês depois de Donald Trump, então presidente eleito, ter dito que tinha rejeitado um negócio de dois milhões de dólares para evitar conflitos de interesses.

Desde a vitória eleitoral em novembro, Trump publicitou que iria retirar-se da gestão dos seus negócios, transferindo o respetivo controlo para os filhos, mas tem resistido a fazer desinvestimentos, apesar dos apelos por parte de algumas organizações.

A 11 de janeiro, a organização Trump declarou que não iria prosseguir novos negócios fora dos Estados Unidos.

O campo de golfe de 18 buracos é um projeto que remonta a 2015.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.