sicnot

Perfil

Mundo

Detida suspeita de ter assassinado meio-irmão de Kim Jong-un

Shizuo Kambayashi

As autoridades da Malásia detiveram uma mulher alegadamente envolvida no assassinato do irmão do líder norte-coreano, Kim Jong-un. A suspeita, com passaporte vietnamita, foi detida esta manhã no Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur.

A mulher, Doan Thi Huong, nascida a 31 de maio de 1988, "foi formalmente identificada a partir das câmaras de vídeovigilância no aeroporto e estava sozinha no momento da detenção", anunciou o chefe da polícia deste país do sudeste asiático, Khalid Abu Bakar.

Kim Jong-Nam, de 45 anos, filho mais velho do falecido Kim Jong-Il que vivia há anos no exílio, terá sido assassinado na segunda-feira quando aguardava por um voo com destino a Macau.

Terá sido envenenado nessa altura por duas mulheres, acabando por sucumbir a caminho do hospital.

Suspeita-se que as duas mulheres estariam ao serviço da Coreia do Norte.

  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Sondagem prevê vitória de Basílio em Sintra e de Bernardino em Loures
    3:03
  • Menina mexicana encontrada viva sob os escombros nunca existiu
    2:24

    Mundo

    As autoridades mexicanas desmentiram a existência de uma menina de 12 anos sob os escombros da escola da capital. Frida Sofia afinal não existe e ainda ninguém assumiu quem fez circular a notícia. O sismo de magnitude 7,1 fez mais de 290 mortos e mais de 40 pessoas continuam desaparecidas.