sicnot

Perfil

Mundo

Donald Trump recebe hoje Benjamin Netanyahu

© Amir Cohen / Reuters

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, encontra-se esta quarta-feira com o Presidente norte-americano para verificar se as promessas pró-israelitas de Donald Trump enquanto candidato resistem à realidade das políticas em curso na Casa Branca.

Analistas internacionais consideram que Netanyahu vai testar em Washington a sua margem de manobra quanto à política de colonatos nos territórios ocupados palestinianos.

Após oito anos de tensão com a anterior administração norte-americana, de Barack Obama, precisamente por causa desta questão e por causa do programa nuclear do Irão, o governo de Netanyahu, considerado um dos mais à direita na história de Israel, viu na eleição de Donald Trump uma oportunidade de iniciar uma nova relação com a Casa Branca.

Netanyahu afirmou no domingo passado que pensa dizer a Trump que apoia a solução de dois Estados (Israel e Palestina, defendida pela comunidade internacional e, até agora, pelos EUA), mas que iria denunciar a má vontade palestiniana.

Já Trump tem vindo a matizar as declarações de apoio a Israel feitas ao longo da campanha.

O primeiro-ministro israelita também equaciona abordar detalhadamente a questão do Irão, considerado o inimigo número um de Israel.

Netanyahu foi um dos mais críticos do acordo de 2015 entre Teerão e as grandes potências (Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido, França e Alemanha) sobre o programa nuclear iraniano, considerando-o "um erro histórico".

Trump disse em campanha que este acordo era "o mais estúpido" que já tinha visto.

Netanyahu também surge em Washington num momento em que a administração Trump está a lidar com a demissão de Michael Flynn, um fiel de primeira hora e até agora conselheiro para a Segurança Nacional.Caso ainda estivesse em funções, Flynn seria um dos elementos chave em qualquer das reuniões com os israelitas.

Lusa

  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.

  • Primeiro-ministro israelita felicita o "amigo" Donald Trump

    Mundo

    O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, felicitou Donald Trump, que esta sexta-feira tomou posse como Presidente dos Estados Unidos, antevendo que a aliança entre os dois países será "mais forte do que nunca". Numa breve mensagem em inglês e em hebraico publicada nas redes sociais Facebook e Twitter, onde são visíveis as bandeiras de Israel e dos Estados Unidos, o chefe do governo israelita chamou "amigo" a Donald Trump.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52