sicnot

Perfil

Mundo

Estudo relaciona aumento do cérebro das crianças com o autismo

Um estudo publicado esta quarta-feira relaciona o aumento do cérebro em crianças com Perturbações do Espectro do Autismo (PEA), mas o momento deste fenómeno, a relação entre a PEA e o aparecimento de alterações comportamentais, é ainda desconhecido.

A investigação, publicada na edição online da revista Nature, indica que uma análise retrospetiva da circunferência craniana e do volume do cérebro aos quatro anos de idade oferece indicações de que o aumento do volume do cérebro pode surgir mais cedo.

Estudos em crianças de famílias com elevado risco de autismo indicam que as características de défice social associadas à PEA surgem na última parte do primeiro e do segundo ano de vida.

Estas observações sugerem que providenciar imagens do cérebro de crianças com elevado risco familiar de PEA podem identificar mais cedo alterações no volume do cérebro que ocorrem antes do diagnóstico de autismo.

O estudo avaliou imagens neurológicas de 106 crianças com elevado risco familiar de PEA e 42 de baixo risco e identificou uma híper-expansão da superfície cortical entre os seis e os 12 meses de idade que precede um aumento do volume do cérebro observado entre os 12 e os 24 meses em 12 crianças de elevado risco que foram diagnosticadas com autismo aos 24 meses.

O excessivo crescimento do cérebro foi considerado relacionado com a emergência e a severidade dos défices sociais do autismo.A descoberta demonstra que as alterações precoces do cérebro ocorrem durante o período em que os comportamentos autistas aparecem.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.