sicnot

Perfil

Mundo

Harrison Ford falha pista de aterragem e quase choca contra Boeing 737

© Eric Gaillard / Reuters

Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na segunda-feira, no Condado de Orange, na Califórnia.

De acordo com a BBC, Harrison Ford, de 74 anos, recebeu indicações para aterrar numa pista do Aeroporto John Wayne, mas o ator pilotou o seu avião em direção a uma via para táxis, passando mesmo ao lado de um Boeing 737, da American Airlines, com 110 passageiros e seis tripulantes a bordo.

Questionado sobre o episódio, o porta-voz da Agência Federal de Aviação (FAA), Ian Gregor, confirmou na terça-feira o incidente, sem revelar o nome do ator, alegando que "a FAA não identifica as pessoas envolvidas em acidentes aéreos".

Os controladores aéreos do Aeroporto John Wayne, situado a cerca de 70 quilómetros a sul de Los Angeles, "autorizaram um avião monomotor Husky a aterrar numa das pistas na segunda-feira à tarde", referiu Gregor.

"O piloto repetiu corretamente as instruções" para a torre de controlo, mas depois "aterrou numa pista de rodagem paralela à pista de aterragem, voando acima de um Boeing 737 que se preparava para entrar na pista ao lado para descolar", acrescentou a FAA, responsável pela investigação do incidente.

A AFP tentou obter uma reação a este episódio junto de um porta-voz de Harrison Ford, mas o agente do ator não quis comentar o sucedido. O ator corre o risco de receber uma repreensão, ou ter a sua licença de voo suspensa, refere a NBC.

O PT-22 da Segunda Guerra Mundial de Harrison Ford, após o acidente que sofreu em 2015.

O PT-22 da Segunda Guerra Mundial de Harrison Ford, após o acidente que sofreu em 2015.

© Lucy Nicholson / Reuters

Harrison Ford é um amante da aviação, coleciona aviões "vintage" e este não é o primeiro incidente registado com o ator aos comandos de um dos seus aviões. Há dois anos, o ator ficou ferido, quando pilotava o seu PT-22 da Segunda Guerra Mundial. O aparelho teve uma avaria e o ator foi obrigado a fazer uma aterragem de emergência num campo de golfe, próximo a Los Angeles.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.